Exportação cearense cresce 7,8% em agosto e resultado é o melhor de 2013

18 de setembro de 2013

As exportações cearenses totalizaram, em agosto, US$ 105,5 milhões, significando crescimento de 7,8 % em relação ao mês de julho, quando a soma foi de US$ 97,9 milhões.  É o segundo mês consecutivo que as exportações apresentam desempenho superior ao que vinha sendo registrado nos meses anteriores, o que indica uma “possível recuperação no segundo semestre de 2013”. Os dados estão no Enfoque Econômico nº 76 – “Comércio Exterior Cearense”, que acaba de ser divulgado pelo Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), Órgão vinculado à Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) do Governo do Estado.

 

No mês de agosto de 2013, a pauta de exportação cearense foi liderada pelos produtos Calçados e partes, com US$ 32,5 milhões em vendas externas, participando com 30,8% de tudo que o Estado exportou no mês. Em seguida estão Couros e peles, com valor de aproximadamente US$ 18,1 milhões; Castanha de caju, com US$ 10,0 milhões, e lagostas, com US$ 7,2 milhões. Esses quatro segmentos representaram 64,3% de toda a pauta de exportações do Estado. Vale ressaltar que o aumento das exportações cearenses de agosto de 2013, com relação ao mês anterior, foi puxado pelo aumento de vendas de calçados (18,2%), Castanha de caju (10,2%); Têxteis (31,2%) e Ceras Vegetais (63,3%).No tocante a pauta de importação, os Produtos Metalúrgicos foram os principais itens comprados pelo Ceará, atingindo o valor de quase US$ 42,6 milhões, o que significa uma participação de 24,5%.

 

O desempenho das exportações do Ceará em agosto foi o melhor do ano, seguido por janeiro, com US$ 105,3 milhões, e Maio, com US$ 101,06 milhões. No acumulado de janeiro a agosto, as exportações registraram o valor de US$ 745,8 milhões, apresentando uma redução de 8,3% frente ao mesmo período de 2012. Já as importações somaram, no mês passado, US$ 173,93 milhões, registrando queda de 30,6% em relação ao mês anterior e uma redução ainda mais acentuada, de 34,6%, quando comparadas ao mesmo período de 2012. O trabalho completo pode ser acessado na página www.ipece.ce.gov.br.

 

As importações continuam com valor acima (33,3%) na comparação com os oito primeiros meses de 2012, atingindo o valor de US$ 2,16 bilhões. Em consequência dos valores das exportações e importações, o saldo da balança comercial cearense foi negativo em US$ 68,3 milhões em agosto de 2013, abaixo do registrado no mesmo mês de 2012. A corrente de comércio exterior cearense (soma dos valores exportados e importados) foi de US$ 279,5 milhões, a mais baixa do ano de 2013. Esse valor representou uma queda de 25,4% em relação a agosto do ano passado.

 

A balança comercial registrou déficit no valor de US$ 1,42 bilhão, significando um aumento de 74,9% frente ao saldo negativo observado em igual período de 2012. A corrente de comércio exterior estadual, no acumulado do período, alcançou o valor de US$ 2,9 bilhões, tendo registrado alta de 19,4% na comparação com o ano anterior.

 

18.09.2013

Assessoria de Imprensa do Ipece

Pádua Martins (padua.martins@ipece.ce.gov.br / 85 3101.3508)