Linha Leste: Tuneladoras já estão no Centro de Fortaleza

19 de setembro de 2013

As duas primeiras tuneladoras adquiridas pelo Governo do Estado para a construção dos túneis da Linha Leste do metrô de Fortaleza já estão armazenadas no local de montagem, em área próxima ao emboque, a ser implantado nas proximidades da estação Chico da Silva, no Centro da Cidade. As duas tuneladoras estão armazenadas numa área de 16 mil metros quadrados, dotada de iluminação, vigilância, segurança eletrônica, com as peças já devidamente organizadas para as montagens por parte da empresa a ser contratada para construção da Linha Leste, que liga a estação da Sé ao bairro de Edson Queiroz. 

 

Os equipamentos chegaram ao Porto do Pecém no dia 28 de agosto, no navio Spring Canary provenientes da cidade de Shangai (China), onde foram realizados os testes em fábrica numa das unidades da empresa The Robbins Company, vencedora da licitação para o fornecimento de quatro máquinas tuneladoras para a implantação da nova linha metroviária.

 

Desembarque e Transporte

 

As operações de descarga no Porto, desembaraço aduaneiro, transportes especiais e recepção no local de armazenagem, superaram as expectativas da Secretaria da Infraestrutura (Seinfra), que previa entre o desembarque e a armazenagem definitiva um total de 31 dias, tendo ocorrido com total sucesso num prazo de 18 dias. O equipamento veio divido em 33 partes cada máquina, perfazendo um total de 66 peças transportadas por vias estaduais, federais e municipais, obedecendo todas regulamentações relativas a transportes especiais de equipamento deste porte. A última peça das 66 desembarcadas no Porto do Pecém chegou no local de armazenagem ontem, dia 18 de setembro. Equipamentos como motores, painéis elétricos e sensores, que requerem um melhor acondicionamento, estão armazenados dentro de containers, lacrados e protegidos de intempéries.

 

Tuneladoras

 

tuneladora centro2As máquinas tuneladoras do tipo Tunnel Boring Machine (TBM) foram compradas mediante licitação ocorrida em junho de 2012, quando saiu vencedora a empresa norte-americana The Robbins Company. O valor do investimento foi de R$ 128.224.258,52. Os equipamentos chegaram desmontados e acondicionadas em 16 conteineres junto com mais 50 peças. As duas outras tuneladoras deverão chegar ao Ceará até o final do ano.

 

O Shield, como é chamado a parte dianteira da máquina responsável pela escavação, tem 6,9 metros de diâmetro e 10 metros de extensão e cerca de 460 toneladas. Na parte traseira do shield são montados dez carros/trailers com os equipamentos auxiliares da máquina, chamado back-up da tuneladora, onde estão a cabine de controle, unidade hidráulica, transformadores, painéis elétricos, enrolador de cabos, sistemas de lubrificação, de espuma e de injeção de Grount, Betonita, compressores, câmara de primeiros socorros, dentre outros.

 

Ao todo, o shield e o backup, que formam a tuneladora, têm 125 metros de extensão, com cerca de 737 toneladas. As outras duas tuneladoras estão sendo montadas na mesma unidade da Robbins na China, para realização de testes em fábrica. O equipamento é composto ainda por Sistema de Transporte do material escavado, através de correias transportadoras; Sistema de montagem de anéis; Sistema de injeção de concreto grout, betonita, dentre outros sistemas auxiliares.

 

O Contrato com a empresa The Robbins Company inclui ainda outros equipamentos a serem utilizados na obra, quatro Sistemas de Ventilação, sendo um para cada conjunto túnel/máquina; Correias Transportadoras para o transporte do material escavado por toda extensão dos cerca de 20 km de túneis; Formas e Equipamentos Auxiliares a serem utilizados em duas fábricas de anéis, que deverão produzir cerca de 20 anéis/dia cada fábrica.

 

19.09.2013

Assessoria de Comunicação da Seinfra

Marco da Escóssia (85 8898.4318 – 3216.3764)

Twitter: @seinfrace

Facebook: www.facebook.com/SeinfraCE