Atendimento nas Policlínicas é destaque em XX Congresso Brasileiro de Fisioterapia

15 de outubro de 2013

O XX Congresso Brasileiro de Fisioterapia, que será realizado em Fortaleza, no Centro de Eventos do Ceará, a partir desta quarta-feira (16), será espaço para a divulgação da política estadual de atenção secundária à saúde, baseada nos consórcios públicos que têm a gestão das Policlínicas e dos Centros de Especialidades Odontológicas (CEOs Regionais) implantados pelo Governo do Estado. Na quinta-feira (17) e sexta-feira (18), no estande 23 e na Sala Lagoinha, no primeiro andar do Centro de Eventos, equipe de técnicos da Superintendência da Rede de Unidades (SRU), da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), e gestores dos CEOs e Policlínicas farão a apresentação ao público dos novos equipamentos em funcionamento no interior do Ceará e as experiências exitosas registradas na atenção especializada à população, especialmente na área da fisioterapia.

 

São casos como o da criança de 4 anos, com Síndrome de Angelman, distúrbio neurológico que causa retardo mental, alterações do comportamento e algumas características físicas distintivas. Tratada desde 2012 na Policlínica Regional Dr. Francisco Pinheiro Alves, em Itapipoca, a criança foi recebida com dificuldade de interação com outras pessoas e ausência de linguagem verbal e hoje está inserida na escola regular. Com as Policlínicas, o Governo do Estado amplia o acesso aos especialistas e a exames na própria região onde as pessoas moram, evitando transferências para a Capital. Construídas com recursos do Tesouro Estadual, as Policlínicas, assim como os CEOs Regionais, têm a gestão e o custeio das unidades partilhados entre o Governo do Estado e as prefeituras municipais que compõem a microrregião de saúde.

 

19.586 atendimentos em fisioterapia

 

As dez policlínicas já inauguradas e em funcionamento realizaram, até 30 de setembro deste ano,  um total de 172.930 atendimentos. Juntas, as dez policlínicas realizaram 69.183 consultas médicas em 17 especialidades, 58.383 exames de imagem, 14.873 exames laboratoriais e 45.364 procedimentos especializados, entre eles 19.586 consultas e procedimentos de fisioterapia. No interior do Estado as policlínicas regionais já estão funcionando em Acaraú, Camocim, Baturité, Tauá, Aracati, Pacajus, Brejo Santo, Itapipoca, Sobral e Campos Sales. Há outras nove em fase final de construção. No total, são 22 policlínicas que fazem parte da nova rede de assistência à saúde em construção pelo governo do Estado. A próxima policlínica a ser inaugurada será a de Quixadá, que vai oferecer à população atendimento em 13 especialidades médicas:  neurologia, endocrinologia, angiologia, clínica médica, cirurgia, gineco-obstetrícia, traumato-ortopedia, cardiologia, gastroenterologia, mastologia, otorrinolaringologia, oftalmologia e urologia.

 

Na saúde bucal, o acesso aos serviços especializados foi ampliado no Estado nos últimos anos. Além de 15 CEOs regionais, que foram construídos pelo governo do Estado, e estão funcionando com atendimento em periodontia, ortodontia, endodontia e até diagnóstico de câncer de boca, há mais três com as construções prontas e apenas sendo equipados para inaugurações e mais um a ser iniciado em Campos Sales. Os 15 ficam em Ubajara, Crato, Juazeiro do Norte, Itapipoca, Camocim, Acaraú, Caucaia, Cascavel, Canindé, Baturité, Sobral, Brejo Santo, Limoeiro do Norte, Crateús e Russas. Os 3 que estão sendo equipados para serem entregues à população ficam em Icó, Maracanaú e Quixeramobim.

 

15.10.2013

Assessoria de Comunicação da Sesa

Selma Oliveira / Marcus Sá /  ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 / 3101.5221)

Twitter: @SaudeCeara

www.facebook.com/SaudeCeara