Data final para inscrições no Garantia Safra 2013-2014 é 30 de outubro

22 de outubro de 2013

Os agricultores que ainda não se inscreveram no Programa Garantia Safra 2013/2014, poderão fazê-lo até o próximo dia 30 de outubro. O Governo do Estado, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário, conseguiu junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), a liberação de mais 27 mil vagas para os agricultores e agricultoras familiares que ainda não se cadastraram no Programa.

 

335 mil agricultores do Ceará estão aptos a se inscreverem no Programa. Sobre isso o Secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins salienta a importância dos agricultores familiares efetuarem o cadastro caso tenham prejuízos na sua safra do ano que vem. “O agricultor vai pagar o valor de R$ 12,60 e se por acaso ele perder a sua safra no próximo ano ele recebe de início R$ 850,00 divididos em cinco parcelas”, ressalta.

 

Para se cadastrar, os agricultores podem procurar os escritórios da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ematerce), os Sindicatos Rurais e as Prefeituras Municipais para fazer a inscrição no Programa e receber o boleto de adesão ao benefício. Cada município contribui com R$ 38,25. O Governo do Estado vai investir R$ 76,50 por agricultor cadastrado e a União vai contribuir com o valor de R$ 255. Para 2014, o benefício será pago caso seja comprovada a perda igual ou superior a 50% da safra.

 

Ainda segundo o secretário Nelson Martins, o diferencial para a Safra 2013-2014 é que os 308 mil agricultores que se inscreveram em 2012-2013 estão automaticamente inscritos. “Esperamos que 27 mil agricultores que têm o perfil para receber o benefício, possam procurar os escritórios da Ematerce, os Sindicatos Rurais ou as Prefeituras Municipais para confirmar a sua participação”, conta.

 

Para o coordenador de Crédito Rural e Políticas Afins da SDA, Arimateia Gonçalves coloca que o quanto antes estes agricultores fizerem a seleção, melhor. “Eles ainda devem passar pelas fases de seleção e homologação da inscrição, o que é feita pelo Governo Federal, logo depois eles receberão o boleto bancário para efetuarem o pagamento”, afirma.

 

Após a inscrição, a relação de cada municípios é enviada ao MDA que fará a homologação dos inscritos e emitirá os boletos para que os agricultores façam a adesão.

 

22.10.2013

Assessoria de Comunicação da SDA

Lúcio Filho (asscom@sda.ce.gov.br / 85 3101.8105 – 8897.8510)

Twitter: @ImprensaSDA