Linha Leste: Cid Gomes se reúne com estatal italiana Ansaldo Breda

25 de outubro de 2013

O governador Cid Gomes se reuniu nesta sexta-feira (25), em Roma, na Itália, com a diretoria da empresa estatal Ansaldo Breda. Durante a reunião, o Governador, acompanhado do secretário da Infraestrutura, Adail Fontenele, expuseram a Linha Leste do Metrô de Fortaleza e convidaram a estatal a participar da licitação de sistema e controle tráfego e da Parceria-Público-Privada (PPP) para a Linha. A Ansaldo Breda venceu processo licitatório para o fornecimento de trens para a Linha Sul, que já está em operação assistida.  Ainda nesta sexta-feira (25) e no sábado (26), o Governador visitará obras de mobilidade urbana na Itália.

 

O contrato para obras civis da Linha Leste do Metrô de Fortaleza foi assinada no último dia 11. O consórcio vencedor da licitação – Cetenco-Acciona -, é  formado pelas empresas Cetenco Engenharia e Acciona Infraestructuras. “Estamos testemunhando a assinatura do maior contrato público da história do Estado do Ceará”, comemorou Cid Gomes durante a assinatura do contrato. A execução da Linha Leste é o maior investimento  já feito em toda a história do Ceará, com o valor R$ 2,3 bilhões. Esse processo de licitação permitiu que o Governo do Estado fizesse uma economia de cerca de R$ 240 milhões em relação ao preço do edital.

 

O projeto da Linha Leste prevê a construção de onze estações: Estação da Sé, Luiza Távora, Colégio Militar, Nunes Valente, Leonardo Mota, Papicu, HGF, Cidade 2.000, Bárbara de Alencar, CEC e Edson Queiroz. Além dessas, haverá integração com as Linhas Oeste e Sul na estação central Chico da Silva, totalizando doze estações. Serão 12,4 km de extensão. A linha será operada com trens elétricos que transportarão cerca de 400 mil pessoas diariamente. O projeto se integrará ainda às Linhas Sul; Oeste, remodelada, ao ramal Parangaba-Mucuripe (VLT), também em obras, e aos terminais de ônibus. A linha subterrânea seguirá em boa parte o trajeto da avenida Santos Dumont. A Linha Leste, fará parte do Programa “Mobilidade Grandes Cidades”, do Governo Federal. Estão garantidos cerca de R$ 2 bilhões em recursos federais para o projeto, sendo R$ 1 bilhão do Orçamento Geral da União e R$ 1 bilhão financiados pela Caixa Econômica Federal. A contrapartida do Governo do Estado do Ceará é de pouco mais de R$ 1 bilhão ( R$1,034 bi). Os recursos estaduais serão usados para a Parceria Pública Privada, que vai contemplar todo o material rodante e sistemas e a operação dos quatro sistemas metroviários de Fortaleza. Esses recursos estaduais também serão usados para projetos, administração de obra, desapropriações e remoção de interferências.

 

As duas primeiras máquinas tuneladoras, do total de quatro, vieram de Shangai, na China, onde foram testadas pela empresa responsável pela fabricação: The Robbins Company acompanhada de técnicos da Seinfra. As duas outras máquinas restantes estão sendo montadas para testes e embarque para o Ceará até o final do ano. As primeiras tuneladoras adquiridas pelo Governo do Estado chegaram no navio Spring Canary fretado exclusivamente para esse tipo de transporte. As máquinas tuneladoras do tipo Tunnel Boring Machine (TBM) foram compradas mediante licitação ocorrida em junho de 2012. O valor do investimento foi de R$ 128.224.258,52. Os equipamentos chegaram acondicionadas em 16 contêineres junto com mais 50 peças.

 

O Shield como é chamado a parte dianteira da máquina, responsável pela escavação, tem 6,9 metros de diâmetro e 10 metros de extensão e cerca de 460 toneladas. Na parte traseira do shield são montados dez carros/trailers com os equipamentos auxiliares da máquina, chamado back-up da tuneladora, onde estão a cabine de controle, unidade hidráulica, transformadores, painéis elétricos, enrolador de cabos, sistemas de lubrificação, de espuma e de injeção de Grount, Betonita, compressores, câmara de primeiros socorros, dentre outros. Ao todo, o shield e o backup, que formam a tuneladora, têm 125 metros de extensão, com cerca de 737 toneladas. As outras duas tuneladoras estão sendo montadas na mesma unidade da Robbins na China, para realização de testes em fábrica. O equipamento é composto ainda por Sistema de Transporte do material escavado, através de correias transportadoras; Sistema de montagem de anéis; Sistema de injeção de concreto grout, betonita, dentre outros sistemas auxiliares. O Contrato com a empresa The Robbins Company inclui ainda outros equipamentos a serem utilizados na obra, quatro Sistemas de Ventilação, sendo um para cada conjunto túnel/máquina; Correias Transportadoras para o transporte do material escavado por toda extensão dos cerca de 20 km de túneis;  Formas e Equipamentos Auxiliares a serem utilizados em duas fábricas de anéis, que deverão produzir cerca de 20 anéis/dia cada fábrica.

 

Israel

 

Is IntAntes da missão oficial `a Itália, o governador Cid Gomes esteve em Israel. Naquele país, ele se reuniu na quarta-feira (23), com a empresa Protalix BioTherapeutics, que firmou parceria com a Fiocruz para a implantação do polo farmacêutico no Eusébio, na Região Metropolitana de Fortaleza. A Protalix  é uma empresa farmacêutica que usa como base plantas de enzima taliglucerase alfa, que foi aprovada para o tratamento da doença de Gaucher. Ainda em Tel Aviv, Cid Gomes e o presidente da Cagece, André Facó, assinaram um Acordo de Cooperação Técnica com a Mekorot Enterprises and Development Ltd, empresa subsidiária da Companhia Nacional de Águas de Israel. O acordo visa formalizar a intenção das duas empresas em possibilitar a execução de ações conjuntas com vistas ao desenvolvimento e implementação de serviços de água, esgoto e projetos. O convênio prevê, entre outras iniciativas, o desenvolvimento de avançados projetos no setor de abastecimento de água e esgotamento sanitário, utilizando moderna tecnologia e avançadas técnicas na exploração dos recursos hídricos existentes. Também na quarta-feira (23), Cid Gomes se reuniu com o diretor comercial da Netafim, Niv Dardik. A Netafim é  líder mundial em irrigação que tem como objetivo promover uma mudança global na forma como a água é utilizada na agricultura. Apresentando produtos de alta tecnologia para ajudar na superação dos desafios relacionados à prática da irrigação.

 

Na terça-feira (22), o governador Cid Gomes e o ministro da Economia do Estado de Israel, Naftali Bennet, assinaram em Tel Aviv, Israel, o convênio para instalação de uma fazenda modelo em Quixeramobim, no Sertão Central. O objetivo é transferir tecnologia para produtores rurais cearenses, pois Israel é um país referência na convivência com a seca e com tecnologia para tratamento de água, captação e acúmulo.  Há lugares em Israel onde chove menos de 100 mm por ano, o que é inferior à média do semiárido nordestino. Ainda na terça-feira, Cid Gomes participou da Feira Watec que apresenta tecnologia em água, indústria hidráulica, eficiência energética e do meio ambiente. Ele visitou uma estação móvel de tratamento de água e estação de tratamento compacta em contêiner.

 

Na segunda-feira (21), em Jerusalém, o Governador se reuniu com o cientista e diretor de saúde pública, Dr. Inom Schenker, da Teva Pharmaceutical Industries Ltda. (do hebraico “natureza” ). A Teva é uma empresa multinacional farmacêutica especializada no desenvolvimento, produção e marketing de medicamentos genéricos e é a maior empresa de Israel. Durante a audiência, o Governador expôs o interesse do Estado em formar uma parceria com a empresa israelense, já que o Ceará está implantando um polo farmacêutico em Eusébio, da Região Metropolitana de Fortaleza, e que terá a segunda unidade da Fiocruz no Brasil, para a fabricação de vacinas. A Teva está entre as 20 maiores companhias farmacêuticas do mundo, com vendas anuais da ordem de US$ 4,276 bilhões (em 2004), empregando cerca de 40.000 trabalhadores, não só em Israel, mas em todo o mundo. Valor de mercado de US$ 34,75 bilhões e faturamento de US$ 18,3 bilhões (2011).? ?A viagem de Cid Gomes a Israel atendeu ao convite feito no último mês de agosto pelo Governo daquele país. A programação compreende ainda reuniões com o ministro da Economia de Israel e de Assuntos Internacionais, assinatura de memorando de intenção para a instalação de uma fazenda modelo no Ceará, visita a centros de tratamento de saúde, kibutz e à usinas de dessalinização. A viagem `a  Itália também atendeu ao convite da estatal Ansaldo Breda.

 

Durante a visita do chefe da missão econômica de Israel no Brasil, Roy Nir, ao Ceará no mês de agosto, foram destacados temas que o Ceará e Israel têm em comum. “Em Israel, quando falamos em Nordeste do Brasil, todos mencionam apenas o Ceará. É impressionante a ligação que existe entre Israel e o Ceará e queremos aumentar essa interação”, disse na ocasião o representante israelense. Entre os projetos desenvolvidos entre o Estado e Israel estão a implantação de um laboratório na Fiocruz; tecnologia em projetos de irrigação; e implantação da uma fazenda modelo como referência para todo o Nordeste. “Israel tem menor volume de chuva que o Ceará e aprendeu a conviver com a estiagem. É importante trocar experiências e sempre buscar alternativas”, ressalta Cid Gomes.?

 

O retorno ao Brasil será domingo (27). Durante esse período o vice-governador Domingos Filho assume interinamente a Chefia do Executivo Estadual.

 

25.10.2013

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado

Casa Civil ( comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)