Linha Oeste: Assembleia autoriza financiamento para modernização

21 de fevereiro de 2014

A Assembleia Legislativa do Estado, em sessão ordinária, autorizou nesta quinta-feira (22), o pedido de financiamentojunto ao Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) no valor de R$ 579 milhões para ofinanciamento dos serviços de eletrificação e duplicação da Linha. A Linha Oeste do Metrô de Fortaleza, que ligaa Capital ao município de Caucaia, será modernizada para atender de forma adequada a uma demanda estimadade 337 mil passageiros por dia até 2020, com previsão de integração intermodal nas estações. O investimento fazparte do PAC 2- Mobilidade Urbana e será complementado ainda com R$ 610 mil do Orçamento Geral da União(OGU) e R$ 30,5 milhões de contrapartida do Governo do Estado, totalizando R$ 1,2 bilhão. Uma vez autorizadoo financiamento, já priorizado pelo BNDES, o Governo do Estado, mediante a Secretaria da Infraestrutura doEstado (Seinfra) e sua vinculada, Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor), darãocontinuidade ao processo com o envio de relatórios técnicos detalhados do projeto.


As obras civis de eletrificação e duplicação da via permanente ao longo dos seus 19,5 km de extensão (sendo 1,1 km em elevado e18,4 km em superfície), instalação de sistemas fixos de eletrificação, sinalização e telecomunicações, construção de um centroscontrole e de manutenção, implantação de 10 Trens Unidades Elétricas (TUEs), construção de 13 estações, urbanização do entornodas estações, construção de túneis, pontes, passarelas de pedestres, viadutos ferroviários e rodoviários e acessos além detreinamento de pessoal e manutenção do sistema, entre outros serviços.


A modernização da Linha Oeste contempla a construção de 13 estações, sendo 10 em superfície: Floresta, Padre Andrade, SãoMiguel, Parque Albano, Conjunto Ceará, Jurema, Araturi, Nova Metrópole, Parque Soledade e Caucaia, e três em elevado: ÁlvaroWeyne, Antônio Bezerra e Francisco Sá. O material rodante será constituído de 10 TUEs, cada um composto por seis carros com ar-condicionado.


A Linha Oeste do Metrô de Fortaleza já recebeu melhorias nos últimos sete anos com serviços como a construçãodo viaduto sobre a rua Visconde de Cauípe, de 50 metros, a reforma das suas atuais 9 estações de passageiros,a remodelação de 31 carros e quatro locomotivas bem como a implantação, manutenção e substituição de peçase dormentes ao longo de sua via permanente. O investimento foi da ordem de R$ 80 milhões. Foram reformadasas seguintes estações: Álvaro Weyne, Padre Andrade, Antônio Bezerra, São Miguel, Parque Albano, ConjuntoCeará, Jurema, Araturi e Caucaia.


Uma vez completo, O Metrô de Fortaleza com a Linha Oeste remodelada e eletrificada, integrada com as LinhasSul – já em operação assistida – e Linha Leste – em implantação – abrangerá os municípios de Fortaleza,Caucaia, Maracanaú, e Pacatuba. O projeto trará grande impacto sobre a mobilidade urbana do município deFortaleza, aumentando a acessibilidade da população, gerando fluidez no trânsito e diminuindo pontos deengarrafamento em regiões críticas da cidade, com durabilidade, segurança e conforto.



21.02.2014

Assessoria de Imprensa da Seinfra

Marco da Escóssia – 85 3216.3765