Governo do Estado entrega primeira etapa do Residencial Cidade Jardim

25 de fevereiro de 2014

O Governo do Estado, por meio da Secretaria das Cidades, entrega nesta quarta-feira (26), a primeira etapa do Residencial Cidade Jardim, com 512 apartamentos. Somente nesta primeira etapa, foram investidos R$ 32,1 milhões entre recursos federais e aporte estadual. O condomínio tem investimento total de R$ 352 milhões, destinados à construção dos 5.536 apartamentos distribuídos em 346 blocos. Esse é o maior empreendimento em casas populares do Nordeste. A solenidade acontece no próprio empreendimento (Avenida I, ao lado do Conjunto José Walter) às 10 horas. A Caixa é o agente financiador do Cidade Jardim e a executora das obras é a Construtora Fujita.

 

O Cidade Jardim contará também com 09 quadras esportivas, 72 playgrounds, cinco pistas de skate, quatro campos de futebol, 20 salões de festa. Além da infraestrutura comum a todos os moradores, o Governo do Estado vai atender diversos setores com equipamentos de saúde, educação e segurança. Serão construídas três creches, uma Escola Estadual de Ensino Médio (EEEM) e uma unidade de Pronto Atendimento 24 horas (UPA 24 horas),- já em funcionamento. Além dos valores aportados diretamente no empreendimento Cidade Jardim, o Governo do Estado está também investindo mais R$ 14.339.680,22 em esgotamento sanitário, com a ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto do Bairro José Walter, que receberá os esgotos do residencial.

 

BENEFICIADOS – O Cidade Jardim beneficiará inicialmente as famílias que já viviam no local, em condições precárias; famílias que construíram suas residências na faixa de domínio da REFFSA, onde está em construção o Ramal Parangaba-Mucuripe do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT); e vai beneficiar também famílias cadastradas em programas habitacionais do Estado, através da Secretaria das Cidades.

 

TECNOLOGIA – Na execução da obra está sendo empregada uma tecnologia construtiva que conseguiu dar celeridade aos serviços no canteiro de obras: a técnica de paredes de concreto moldadas in loco. As paredes de concreto são produzidas dentro do próprio canteiro de obras, reduzindo desperdícios e os possíveis impactos ambientais, além de proporcionar uma economia no tempo de execução da ordem de 40%, se comparada às técnicas tradicionais (alvenaria).

 

RESIDENCIAL CIDADE JARDIM
EMPREENDIMENTO TOTAL
Quantidade de UNIDADES HABITACIONAIS (UH): 5.536
Valores:
União: R$ 347.098.836,69
Estado: Aporte Financeiro: R$ 5.612.062,57
TOTAL: R$ 352.716.435,26
Estado: Infraestrutura de Esgotamento Sanitário: R$14.339.680,22
ENTREGA PARCIAL (1ª ETAPA):
Quantidade: 512 (Condomínio 1 = 240 UH, parte Condomínio 2 = 272UH)
Valores:
União R$ 32.101.626,51
Estado: Aporte Financeiro: R$519.034,69
TOTAL – R$ 32.621.173,20

 

25.02.2014

 

Assessoria de Imprensa da Scidades
Henrique Silvestre/Priscila Teixeira