Testes feitos no Lacen promovem melhoria na vida de pacientes com hepatite C

11 de Março de 2014

A hepatite C é uma doença causada por um vírus transmitido principalmente pelo sangue contaminado. Por se tratar de uma doença silenciosa, é importante ir ao médico para consultas regularmente e fazer os exames de rotina que detectam todas as formas de hepatite. O diagnóstico precoce da doença amplia a eficácia do tratamento. Diante disso, o Laboratório Central de Saúde Pública -Lacen, da Secretaria da Saúde do Estado, realiza testes para a quantificação da carga de Vírus da Hepatitite C (VHC) e identificação dos genótipos da hepatite C. Esses testes visam o monitoramento da evolução clínica das pessoas com a doença. Com o laudo dado pelo laboratório, o médico consegue determinar o melhor tratamento da pessoa infectada.

 

A genotipagem do vírus da hepatite C, através da técnica de PCR em tempo real, é uma técnica de biologia molecular que permite detectar o genoma do vírus da hepatite C. O teste é bastante sensível e pode detectar a quantidade e as mutações do vírus. O exame tem por objetivo analisar as mutações do vírus do HIV, que impedem a eficiência do tratamento em uso pelo paciente. Com o laudo dado pelo laboratório, o médico consegue realizar a reorientação no tratamento, buscando assim uma terapia de resgate. O diagnostico do exame é entregue no prazo de até 15 dias.

 

Prevenção

 

Geralmente a hepatite C é assintomática e quando os sintomas surgem o paciente já se encontra numa fase avançada da doença e o fígado pode estar gravemente comprometido, necessitando de um transplante. Os sintomas iniciais da hepatite C são os sinais clássicos de qualquer outra hepatite. Dentre eles, estão: cansaço, falta de apetite, vômito, dor abdominal, urina escura, fezes claras, dor nas articulações e nos músculos, cor amarelada na pele e olhos.

 

Recomendações

 

• Fique longe das bebidas alcoólicas, se é ou foi portador do VHC
• Verifique se agulhas ou qualquer outro objeto que entre em contato com sangue é descartável ou está devidamente esterilizado
• Leve seu próprio material quando for à manicure
• Se quiser engravidar ou estiver grávida, faça o teste para saber se é portadora do vírus da hepatite C
• Relações sexuais com uso de preservativo
•  Tome as vacinas contra as hepatites A e B. A vacina contra gripe todos os anos e a vacina contra pneumonia, se é portador do VHC

 

11.03.2014

 

Assessoria de Imprensa do Lacen / CIDH / IPC
Suzana de Araújo Mont’Alverne (85 9663.2344/ 3101.1515)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara