Eixão das Águas: segurança hídrica para RMF e CIPP durante 30 anos

19 de Março de 2014

Segurança hídrica por 30 anos para a Região Metropolitana de Fortaleza e para os empreendimentos instalados no Complexo Industrial e Portuário do Pecém (CIPP). Com a inauguração do Trecho IV, em 2012, e do Trecho V nesta quarta-feira (19), Dia de São José, padroeiro do Ceará, pela presidenta Dilma Rousseff e pelo governador Cid Gomes, o Estado dá mais um exemplo para o Brasil em gestão hídrica. “A inauguração do Eixão das Águas, o Ceará apresenta para o Brasil um investimento qualitativo em uma obra estruturante. É uma obra que muitos consideram que não é visível, mas que garante melhoria para milhões de pessoas”, disse a Presidenta para Cid Gomes, a quem ela se referiu com parceiro do Governo Federal e amigo.

 

Em seu discurso, o governador Cid Gomes agradeceu o apoio de Dilma Rousseff e ressaltou a importância do Eixão para o Estado. “Essa obra é resultado de uma política hídrica que já beneficia 4 milhões de cearenses. O Eixão foi planejado há 16 anos, durante o Governo Tasso. De 2009 para cá, inauguramos quatro trechos. Desde maio do ano passado, Fortaleza é abastecida com a água do Castanhão, localizado há mais de 200km e, agora os grandes empreendimentos do Pecém, como a Siderúrgica e a Termelétrica passam a ter essa garantia por mais 30 anos. São 4 milhões de pessoas beneficiadas”, comemorou o Governador.

 

O investimento no Trecho V do Eixão das Águas foi de R$ 315,29 milhões e tem 57,6 quilômetros de extensão. Em todos os trechos os recursos investidos chegam a R$ 1,5 bilhão e compreende 256 km de extensão (do Castanhão, no Vale do Jaguaribe, a São Gonçalo do Amarante, no CIPP).

 

 

Eixao 1903 1Máquinas

 

No inicio da solenidade, a presidenta Dilma Rousseff entregou 41 caminhões caçamba, duas motonivaladoras, 70 pás carregadeiras e 59 caminhões-pipas provenientes do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2),  beneficiando 141 municípios cearenses. Juntos, o Governo Federal e o Governo do Estado investiram mais de R$ 50 milhões na aquisição das máquinas, beneficiando mais de 60 mil agricultores familiares. O ministro do Desenvolvimento Agrário, Miguel Rosseto, disse que os equipamentos representam a boa parceria entre os Governos Federal, Estadual e as Prefeituras, o que vai garantir a melhoria da qualidade de vida da população. “Oferecemos aos municípios na condição de abrir estradas para levar desenvolvimento à população e também escoar a produção. Em equipamentos,  já foram destinados ao Ceará, R$ 824 milhões”.

 

O secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins, destacou a importância dos novos equipamentos para os municípios que sofrem com a estiagem no Estado. “A entrega desses equipamentos representa um marco histórico de contribuição do Governo Federal para estruturar os municípios na convivência com o semiárido”, coloca.

 

Estiveram presentes na solenidade, o vice-governador, Domingos Filho; o presidente da Assembleia Legislativa, José Albuquerque; os senadores Eunício Oliveira, Inácio Arruda e José Pimentel; os ministros da Integração Nacional, Francisco Teixeira; do Desenvolvimento Social, Tereza Campelo; da Comunicação, Thomas Traumann; os deputados federais Chico Lopes, Gorete Pereira, Antonio Balhmann, Domingos Neto, José Guimarães, Edson Silva, Manuel Salviano, João Ananias; o prefeito de Fortaleza Roberto Claudio; o presidente da Câmara Municipal, Walter Cavalcante; os secretários César Pinheiro (Recursos Hídricos) e Adail Fontenele (Infraestrutura), e dezenas de prefeitos.

 

Eixao 1903 3

 

19.03.2014

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br – 85 3466.4898