Dragão do Mar traz programação especial para a Semana Santa

16 de Abril de 2014

Não vão faltar opções para quem ficar em Fortaleza durante o feriado da Semana Santa. O Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura (CDMAC) abrirá seus espaços normalmente, trazendo uma programação diversificada para todos os gostos. Além dos cinemas, cafés e museus, os visitantes do Dragão contarão ainda com uma programação especial de teatro, feira, música. Em destaque, o espetáculo “A Paixão de Cristo”, que encena, ao ar livre, a história de Jesus Cristo.

 

Com realização do Instituto Solaris em parceria com o Grupo Teatral Comédia Cearense, “A Paixão de Cristo” levará à Praça Verde, nesta sexta-feira (18) e sábado (19), às 18 horas, a encenação de passagens bíblicas como o julgamento de Jesus por Pilatos, a traição de Judas, a crucificação e sua ressurreição, tradicional história que continua emocionando todos que assistem ao espetáculo. A peça tem aproximadamente duas horas de duração e conta com um elenco de 35 atores. A direção é de Haroldo Serra, com produção-executiva de Ruby Araújo e produção teatral de Hiroldo Serra.

 

Duas grandes bandas de cultura popular nordestina, participantes do programa Polifonias, se apresentam na Temporada de Arte Cearense.

 

Também tem programação especial para a criançada. O Coletivo Cambada apresenta o teatro infantil “Quem tem Medo do Escuro” e o Brincando e Pintando no Dragão do Mar promove jogos e brincadeiras que prometem não deixar ninguém parado.

 

Outra boa pedida para acabar com o marasmo do domingo é o Fuxico no Dragão, programação de sucesso que retornou este mês com feira de produtos terapêuticos e alimentação, design, moda e música, sempre a partir das 16h, na Arena Dragão do Mar. As apresentações artísticas deste domingo ficam por conta do Dj Estácio Facó e de Macaúba do Bandolim.

 

A feira Cordel com a Corda Toda dá o tom literário ao domingo no Dragão, com recitais de cordel a partir das 17h, no Espaço Rogaciano Leite Filho.

 

Nos museus, o Circuito de Artes Visuais continuam com três exposições recém-abertas. São elas: mostra bauhaus.filme, Coleção Itaú Cultural de Fotografia Brasileira e Brasil um país um mundo. Uma ótima opção para os turistas e para os fortalezenses que ainda não conheceram o universo do sertão é a visita à exposição Vaqueiros, no Museu da Cultura Cearense. Confira as atrações do CDMAC abaixo:

 

Programação da Semana Santa no Dragão

 

Espetáculo “A Paixão de Cristo”

 

Nesta Semana Santa, os fortalezenses e turistas em visita à capital terão a oportunidade de assistir à apresentação teatral “A Paixão de Cristo” em um formato diferente, ao ar livre, em apresentações gratuitas na Praça Verde do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, nos dias 18 e 19 de abril, sempre às 18 horas, iniciando com recitais sacros e de canto coral. A realização é do Instituto Solaris em parceria com o Grupo Teatral Comédia Cearense. Este Projeto é apoiado pela Prefeitura Municipal de Fortaleza e pelo Governo do Estado do Ceará. Em um grande palco montado na Praça verde, com infraestrutura técnica com som digital, show pirotécnico, iluminação, efeitos visuais e figurino elaborado, o espetáculo conta com mais de 300 profissionais, entre atores, figurantes e técnicos de produção, em uma montagem genuinamente cearense. A direção é de Haroldo Serra, com produção executiva de Ruby Araújo e produção teatral de Hiroldo Serra. A organização do evento estima um público diário de 8.000 mil espectadores, que terão a oportunidade de assistir a um espetáculo ecumênico de amor e fé. A peça tem aproximadamente duas horas de duração e conta com um elenco de 35 atores, em sua maioria nomes consagrados das artes cênicas cearenses, como o casal Haroldo e Hiramisa Serra, Walden Luiz, Ary Sherlock, Marcus Fernandes, Odair Prado, Hiroldo Serra, Poliana Morais, Paulo César Cândido, Lana Soraia, entre outros.

 

+ Dias 18 e 19, às 18h, na Praça Verde. Gratuito. Informações: 32612022 / 87272022 . Assessora de Imprensa: Ana Alice Nogueira (85) 8806.7297 / 8645.4260

 

Música: Quinteto Agreste e Zabumbeiros Cariris

 

Temporada de Arte Cearense traz, no programa Polifonias, duas grandes bandas de cultura popular nordestina: Quinteto Agreste e Zabumbeiros Cariris.

 

Banda Quinteto Agreste

Grupo de música vocal e instrumental, com repertório construído sobre os alicerces da música popular brasileira, em especial, da música popular nordestina, cujo rico manancial é fonte de pesquisas e de (re)leituras, permanentes. No lastro diverso das sonoridades e dos ritmos nordestinos, definiu sua identidade artística e firmou sua personalidade musical. No Dragão, apresenta o show “Ceará de Luz”.

 

Banda Zabumbeiros Cariris

Formado desde outubro de 2002, na cidade de Juazeiro do Norte, e unindo músicos de gerações e influências diferentes, o grupo Zabumbeiros Cariris desenvolveu seu trabalho musical mergulhando neste vasto imaginário nordestino, ainda preservado nos inúmeros folguedos da cultura popular presentes na região. Com um repertório autoral, formado por temas instrumentais e canções cujas letras nos remetem a fatos históricos do Cariri, como, a saga do Caldeirão do Beato Zé Lourenço, os Zabumbeiros Cariris apresentam uma música simples e vigorosa, baseada na sonoridade de instrumentos típicos da região, como o zabumba, o pífano e a rabeca. No Dragão, o grupo apresenta o show “Candeias”.

 

+ Dias 19 e 20, às 20h, no Anfiteatro. Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia). No programa Polifonias, os dois artistas sobem ao palco na mesma noite em dois dias de shows seguidos.

 

Contatos dos artistas: Quinteto Agreste: Tarcisio José (3219-2198 / 9956-5698 / cislima@gmail.com)

Zabumbeiros Cariris: Maria Amélia (88 9606-2009 / 8813-0525 / melzc@hotmail.com)

 

Teatro Infantil

 

Programa da Temporada de Arte Cearense, o Teatro Infantil chega ao domingo com o espetáculo ?Quem tem medo do escuro??, do Coletivo Cambada e direção de Andrei Bessa. Sobre o espetáculo: após se depararem com uma tarde sem energia elétrica, dois meninos tem apenas uma saída: embarcar em aventuras onde se transformam em cavaleiros, dragões e outros seres mitológicos, naufragam em um navio pirata e enfrentam objetos que ganham vidas. Durante o mergulho na imaginação, os garotos descobrem o valor da amizade e o poder da criatividade.

 

+ Dia 20, às 17h, no Teatro Dragão do Mar. Ingressos: R$ 4 e R$ 2 (meia). Classificação livre. Contato do grupo: Jonathan Lima (8863.3924, johnpessoa44@gmail.com)

 

Cordel com a Corda Toda

 

A Feira Cordel com a Corda Toda é um evento da Associação de Escritores, Trovadores e Folheteiros do Estado do Ceará (AESTROFE). A feira ocorre enquanto é realizado o recital com os cordelistas Klévisson Viana e alguns dos principais expoentes da Literatura de Cordel na atualidade. Os artistas declamarão versos autorais e de vários outros poetas populares.
+ Dia 20, às 17h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Gratuito.

 

Fuxico no Dragão

 

Neste domingo, dia 20, tem mais Fuxico no Dragão, com feira, comida e música sempre ao cair do sol. São 20 expositores de moda, design, produtos terapêuticos e alimentação, das 16h às 20h, na Arena Dragão do Mar. Para criar a levada certa, tem ainda DJ e artistas da terrinha em tom intimista, embalando a feira. Especialmente em abril, o Fuxico no Dragão trará apresentações que homenageiam o chorinho. Isso porque dia 23 deste mês é o Dia Mundial do Choro – data de aniversário de um dos seus maiores expoentes desse estilo, Pixinguinha. Nesta edição, o DJ Estácio Facó assume junto do bandolim de Macaúba.

 

E, como o dia 23 de abril não pode passar em branco ? ainda que não seja domingo ? Tarcísio Sardinha e Bárbara Sena e a DJ Renatinha fazem a especial noite do chorinho. Paralelamente às apresentações do dia 23, o artista Rafael Limaverde irá fazer surgir, com a arte do grafite, sua versão do mestre Pixinguinha. Neste mês de abril, o Fuxico no Dragão só não será realizado no dia 27, por conta do Dragão Fashion. Mas, depois, retoma os percursos dominicais normalmente pelos meses seguintes com nova programação de apresentações musicais e expositores. O Fuxico no Dragão é uma parceria do Dragão do Mar com a Vagalume Produção Cultural e Comunicação.

 

16h às 18h30 ? DJ Estácio Facó

 

18h30 às 20h ? Macaúba do Bandolim: José Felipe da Silva,(71 anos) filho de seu Walter, bandolinista diletante, ganhou o apelido de Macaúba aos 13 anos de idade quando iniciou a tocar bandolim tendo vivido grande parte de sua vida e sua história musical, em rodas de choro e samba convivendo com grandes nomes da música cearense desenvolvendo assim seu talento autodidata e a paixão pelo bandolim, instrumento que já faz parte de sua história familiar.  Tem se apresentado em grandes palcos interpretando clássicos de Jacob do Bandolim, Benedito Lacerda, Chiquinha Gonzaga, Pixinguinha, Ernesto Nazareth, Waldir Azevedo, João Pernambuco, Dilermano Reis e muitos outros num repertório de mais de duzentos chorinhos, inclusive choros autorais e de músicos cearenses. Destacou-se como músico e, com seu trabalho e talento, garantiu o respeito e admiração do grande público, recebendo inúmeras homenagens inclusive do Clube do Choro de Brasília, da onde é sócio honorário. Macaúba que, para muitos de nós, representa uma lenda viva na história da música brasileira, vem contribuindo para preservar o chorinho, este estilo musical que apesar de mais de cem anos ainda continua em evidência.

 

+ Dia 20, a partir das 16h, na Arena Dragão do Mar. Gratuito.

 

+ Noite especial do chorinho. Dia 23, às 17h, no Espaço Rogaciano Leite Filho. Gratuito.

 

Contato dos artistas: Macaúba [Beliza Guedes 8517.8035/ 9954.0189 / 3318.6540) Estácio (8811.1450)

 

Cinema do Dragão-Fundação Joaquim Nabuco

 

A aguardada estreia de ERA UMA VEZ EM TÓQUIO, clássico restaurado de Yasujiro Ozu, estará em dois horários diários na Sala 1. Na última enquete da revista britânica Sight & Sound com os 250 melhores filmes de todos os tempos, compilados das listas de 850 críticos de 73 países, ERA UMA VEZ EM TÓQUIO aparece em terceiro lugar, atrás apenas de Um Corpo que Cai (1958) e Cidadão Kane (1941).

 

O MENINO E O MUNDO é um longa de animação, escrito e dirigido por Alê Abreu. O filme acompanha a jornada do Menino à procura do pai que saiu de casa em busca de melhores condições de vida para a família. Prêmio de melhor filme de animação no Festival de Havana e Menção Especial do Júri no Ottawa International Animation Festival

 

HOJE EU QUERO VOLTAR SOZINHO segue em três horários diários. EM BUSCA DE IARA retorna a programação.

 

– FILMES E SESSÕES

 

ERA UMA VEZ EM TÓQUIO (Japão, 1953) ? Estreia

Direção: Yasujiro Ozu // 136 minutos // 10 anos // DCP 2K // Som 5.1

Distribuidora: Esfera/Vitrine Filmes

Sinopse: Shukishi e Tomi Hirayama moram em uma pequena vila beirando o mar interior. Um casal idoso, ambos decidem visitar seus filhos, já adultos, que moram na cidade de Tóquio. Quando chegam lá, eles notam que os filhos estão muito ocupados com suas rotinas diárias para prestar atenção nos pais, tratando a companhia como obrigação. Yasujiro Ozu inspirou-se no filme americano A Cruz dos Anos (1937) para criar seu estudo de conflitos geracionais em um Japão pós-guerra.

Sala 01: 17/04 (14h30 e 19h), 18/04 (16h30 e 19h), 19/04 (16h30 e 19h), 20/04 (14h30 e 19h), 22/04 (16h30 e 19h), 23/04 (14h30 e 19h).

 

O MENINO E O MUNDO (Brasil, 2013) ? Estreia

Direção: Alê Abreu // 85 minutos // 10 anos // DCP 2K // Som 5.1

Distribuidora: Espaço Filmes

Sinopse: Cuca é um menino que vive em um mundo distante, numa pequena aldeia no interior de seu mítico país. Certo dia, ele vê seu pai partir em busca de trabalho, embarcando em um trem rumo à desconhecida capital. As semanas que se seguem são de angústia e lembranças confusas. Até que, numa determinada noite, uma lufada de vento arromba a janela do quarto e carrega o menino para um lugar distante e mágico.

Salas 01 e 02: 17/04 (14h ? Sala 2), 18/04 (14h30 ? Sala 1), 19/04 (14h30 ? Sala 1), 20/04 (14h ? Sala 2), 22/04 (14h30 ? Sala 1), 23/04 (14h ? Sala 2).

 

HOJE EU QUERO VOLTAR SOZINHO (Brasil, 2014) ? 2a Semana

Direção: Daniel Ribeiro // 95 minutos // 12 anos // DCP 2K // Som 5.1

Distribuidora: Vitrine Filmes

Sinopse: Leonardo é um adolescente cego em busca de sua independência. Seu cotidiano, a relação com a melhor amiga, Giovana, e a sua forma de ver o mundo ganham novos contornos com a chegada de Gabriel.

Sala 02: 17 a 23 (15h45, 17h30 e 19h30).

 

EM BUSCA DE IARA (Brasil, 2013) ? Reestreia

Direção: Flávio Frederico // 90 minutos // 12 anos // DCP 2K // Som 5.1

Distribuidora: Kinoscópio Cinematográfica

Sinopse: Através de uma investigação pessoal de sua sobrinha, Mariana, o filme resgata a vida da guerrilheira Iara Iavelberg. Uma mulher culta e bela que deixou para trás uma confortável vida familiar, optando por engajar-se na luta armada contra a ditadura. Vivendo uma rotina de sequestros e ações armadas, era a companheira do ex-capitão Carlos Lamarca, tornando-se um dos alvos mais cobiçados da repressão. O filme desmonta a versão oficial do regime, que atribui sua morte, em 1971, a um suicídio.

Salas 01 e 02: 17/04 (17h ? Sala 1), 18/04 (14h ? Sala 2), 19/04 (14h ? Sala 2), 20/04 (17h ? Sala 1), 22/04 (14h ? Sala 2), 23/04 (17h ? Sala 1).

 

Planetário Rubens de Azevedo

O Planetário Rubens de Azevedo é um espaço de entretenimento e formação pedagógica através de caráter transdisciplinar em Astronomia.

 

Sessões:

 

O ABC do Sistema Solar
Em uma nave imaginária crianças fazem uma viagem pelo Sistema Solar. Durante a viagem elas aprendem sobre a mitologia das constelações e as lendas astronômicas.

 

Nos Limites do Oceano Cósmico
Usando o poder da nossa imaginação, viajaremos pelo espaço a uma velocidade próxima a da luz até o limite do universo visível, e com a ajuda do planetário, veremos de perto a nossa galáxia e grupos de galáxias muito distante de nós. Será que o universo tem fim? O que vemos no céu é uma ilusão? Você verá que o universo está em expansão e novas estrelas estão surgindo a todo instante.

 

Explorando o Universo
Venha se aventurar numa fascinante viagem pelo universo, e com Galileu conheceremos os segredos do céu e suas descobertas científicas para o progresso da ciência.

 

Origens da Vida
Mergulhando no desconhecido, e a partir das profundezas do oceano, descobriremos as origens da vida em nosso planeta. Através do tempo e espaço viajaremos até o nascimento das primeiras estrelas.

 

Sessões às quintas e sextas-feiras:
18h – Explorando o Universo
19h – Nos Limites do Oceano Cósmico
20h – Origens da Vida

 

Sessões aos sábados e domingos:
17h – ABC do Sistema Solar
18h – Explorando o Universo
19h – Nos Limites do Oceano Cósmico
20h – Origens da Vida

 

Exposições

 

Visitação de terça a sexta, das 9h às 19h; e aos sábados, domingos e feriados das 14h às 21h. Gratuito.

 

bauhaus.filme

Exposição inédita de filmes produzidos por  professores e alunos da Bauhaus, a vanguardista escola superior de design alemã fundada por Walter Gropius, em 1919, e extinta pelo governo, em 1933. A mostra bauhaus.filme reúne, na Multigaleria, uma dúzia de filmes do acervo da Fundação Bauhaus Dessau. Christian Hiller, Philipp Oswalt e Thomas Tode (da Fundação Bauhaus Dessau) assinam a curadoria da exposição idealizada por Alfons Hug, diretor do Goethe-Institut ? Rio de Janeiro.

 

12 filmes inéditos de alunos e professores de uma das mais importantes escolas de design do mundo, a Bauhaus.

 

Brasil um país um mundo

 

Em cartaz no Museu da Cultura Cearense, a exposição traz um grandioso e exclusivo acervo de peças históricas do nosso futebol, entre objetos, fotos, vídeos, instalações interativas que também mostram como o futebol permeia as mais diversas áreas de conhecimento. Desde sua estreia em Brasília em dezembro passado, BRASIL um país um mundo já passou por Curitiba, Salvador, Recife, Porto Alegre e Natal e rodará até julho pelas demais cidades-sede da Copa. Integrante da Programação Oficial do Governo Federal da Copa do Mundo FIFA 2014, a exposição traz um acervo composto de relíquias que levam o visitante numa viagem pelo tempo até os anos 30, reunindo camisas usadas em jogos de Copas, campeonatos oficiais e jogos amistosos, troféus, medalhas, bolas e chuteiras.

 

Coleção Itaú Cultural de Fotografia Brasileira

Com curadoria de Eder Chiodetto e produção do Itaú Cultural, o conjunto apresenta 56 obras do final da década de 1940 até hoje, estabelecendo um espelhamento lúdico entre trabalhos modernistas e contemporâneos com foco na representação fotográfica experimental. As imagens fazem parte do acervo do Banco Itaú. Em cartaz no Museu de Arte Contemporânea.

 

Vaqueiros

 

Em cartaz no Museu da Cultura Cearense, Vaqueiros é uma exposição lúdica, de caráter didático, percorre o universo do vaqueiro a partir da ocupação do território cearense pela pecuária até a atualidade. Utiliza cenografia, imagens e objetos ligados ao cotidiano do vaqueiro.

 

FUNCIONAMENTO DO DRAGÃO DO MAR
Geral: De segunda a quinta, das 8h às 22h; e de sexta a domingo e feriados, das 8h às 23h. Bilheteria: De terça a domingo, a partir das 14h.
Cinema do Dragão-Fundação Joaquim Nabuco: De terça a domingo, das 14h às 22h.
Museus e Multigaleria: terça a sexta, das 9hs às 19hs (acesso até 18h30); sábado, domingo e feriados das 14hs às 21hs (acesso até as 20h30). Gratuito.

 

OBS.: Às segundas-feiras, o Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura não abre cinema, cafés, museus, Multigaleria, Planetário e nem bilheteria.

 

16.04.2014

Assessoria de Comunicação do Dragão do Mar

Luciana Vasconcelos / Luar Brandão (imprensa@dragaodomar.org.br / 85 3488.8617)