Instituto de Prevenção do Câncer (IPC) também cuida da saúde do homem

23 de Abril de 2014

Referência no atendimento às mulheres, o Instituto de Prevenção do Câncer (IPC), da Secretaria da Saúde do Estado, também cuida da saúde dos homens. “Não adianta tratar apenas a mulher. É preciso cuidar também do companheiro, tendo em vista que muitas doenças são transmitidas sexualmente, como a sífilis e Aids”, afirma Ana Catarina Machado Arcanjo, diretora médica. O IPC realiza em média 130 atendimentos mensais.

 

O IPC oferece atendimento em peniscopia, exame que possibilita a visualização de lesões, muitas vezes imperceptíveis, na região genital masculina através de uma lente de aumento, aos homens cuja parceira tenha sido diagnosticada com alguma DST e o tratamento da doença. Na primeira consulta, são solicitados exames complementares de HIV, sífilis e cultura de secreção uretral para detectar outras doenças sexualmente transmissíveis.

 

Desde 1992 oferecendo o serviço, o IPC realizou somente em 2013 mais de 1.200 atendimentos a homens com suspeita ou diagnosticados com alguma DST. O atendimento acontece de segunda a sexta-feira, das 8 às 11 horas. O acesso dos pacientes aos serviços ocorre através dentro do próprio IPC e através das centrais de marcação de consultas do Estado e do município de Fortaleza.

 

23.04.2014

Assessoria de Imprensa do IPC/Lacen / CIDH

Suzana de Araújo Mont’Alverne (85 9663.2344/ 3101.1488)

Twitter: @SaudeCeara

www.facebook.com/SaudeCeara