Campanha de vacinação contra febre aftosa será lançada nesta terça-feira (06)

5 de maio de 2014

O Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário e da Agência de Defesa Agropecuária (Adagri), realiza nesta terça-feira (06), o lançamento oficial da primeira etapa da campanha de vacinação contra a febre aftosa no Ceará. O lançamento da Campanha será durante a abertura oficial do Seminário Nordestino de Pecuária (PEC Nordeste), às 09 horas, no Centro de Eventos do Ceará.

 

Os produtores rurais devem vacinar o rebanho bovino e bubalino até 31 de maio. Segundo o coordenador estadual da campanha de vacinação contra a febre aftosa no Ceará, Joaquim Sampaio, o rebanho cearense é de aproximadamente 2,5 milhões de cabeças e a meta da primeira etapa é vacinar mais de 90% dos animais e imunizar mais de 80% das propriedades. Os números foram apresentados na última sexta-feira durante entrevista coletiva.

 

O Ceará foi reconhecido como zona livre nacional de febre aftosa com vacinação e pleiteia o título de zona livre internacional.

 

O Ceará recebeu no mês de fevereiro a visita de fiscais da Organização Mundial de Saúde Animal (OIE), que avaliou as ações que o Estado está desenvolvendo no que diz respeito aos programas de sanidade animal executadas pela ADAGRI. “Cumprimos as exigências do MAPA e da OIE e temos condição de conquistar o status de Zona Livre Internacional”, afirmou o presidente da Agência, Augusto Júnior.

 

O secretário Nelson Martins destaca que o reconhecimento do Ceará como zona livre internacional de febre aftosa “representa a coroação de um trabalho árduo do Estado com importantes parceiros, como os produtores rurais, os movimentos sociais, a Ematerce e a imprensa, que divulga as campanhas de vacinação do rebanho”. Nelson Martins informa porém que o Estado precisa manter os índices de vacinação. “Depois de vacinar o rebanho os produtores devem procurar os escritórios da ADAGRI e da Ematerce para declarar a vacinação dentro do prazo”.

 

A dose da vacina custa aproximadamente R$ 1,70 e a multa para quem não vacinar dentro do prazo será de aproximadamente R$ 16, por cabeça não vacinada.

 

PEC Nordeste

 

O 18° Seminário Nordestino de Pecuária (PEC Nordeste) será aberto oficialmente na ocasião. O tema de 2014 será “Pecuária: Segurança Alimentar Animal”, e vai debater as formas de convivência com o semiárido nordestino. Na ocasião haverá também, exposição do rebanho leiteiro de bovinos e caprinos, a PEC Leite, que vai apresentar as potencialidades da pecuária leiteira no Ceará.

 

“O Programa de Aquisição de Alimentos do Leite (PAA Leite) é um exemplo de sucesso, pois tem valorizado a produção dos pequenos produtores e gerado renda no campo, com a capacitação e a distribuição de equipamentos”, afirmou o secretário do Desenvolvimento Agrário, Nelson Martins.

 

A tarde, o secretário Nelson Martins participará da reunião dos Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Agricultura do Ceará (Condetec).

 

Paulo Helder Alencar Braga, coordenador geral do evento destaca a tradição do PEC Nordeste em promover discussões técnico-científicas. “Todos os nove segmentos da pecuária vão oferecer palestras sobre a temática da alimentação animal, teremos também mesas redondas, oficinas de tecnologia todas focadas na alimentação”, afirmou.

 

Segundo o presidente da FAEC, Flávio Saboya, a pecuária responde por 80% dos investimentos no setor agropecuário do Ceará. “É preciso, apenas, que o homem mude radicalmente a maneira de ver a pecuária e a seca, porque temos condições de fazer reserva alimentar para os rebanhos, independente da condição climática”, garante.

 

Serviço:

 

Dia 6 de maio, às 9h – Abertura Oficial do PEC Nordeste 2014 e lançamento oficial da campanha de vacinação contra a febre aftosa
Local: Centro de Eventos do Ceará – Avenida Washington Soares 999 – Pavilhão Leste – Portão D – Edson Queiroz

 

05.05.2014

Assessoria de Comunicação da SDA

Lúcio Filho / Amanda Sobreira (asscom@sda.ce.gov.br / 85 3101.8022 – 3101.8023)

Twitter: @ImprensaSDA