Tabela de custos da Seinfra é destaque do ano pelo IBEC

6 de maio de 2014

Os engenheiros civis Otacílio Borges Filho, secretário adjunto da Secretaria da Infraestrutura, e Roberto Ribeiro, integrante da equipe da Coordenadoria de Transporte e Obras (CTO) da Secretaria, serão homenageados com o prêmio Destaque do Ano pelo Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos (IBEC). A homenagem se deve à contribuição ao desenvolvimento do Estado, mediante a edição e aperfeiçoamento da Tabela de Custos editada pela Secretaria, elaborada pela CTO. A solenidade acontece dia 6 de maio, na cidade do Rio de Janeiro. O homenageado Roberto Ribeiro será representado pelo também engenheiro civil Marcelo Braga de Albuquerque, da equipe da CTO.

 

A Tabela de Custos Unitários de Serviços de Engenharia, elaborada pela Secretaria da Infraestrutura do Estado – SEINFRA, hoje em sua 22ª versão, registrou 180 mil acessos no ano de 2013. Nos três primeiros meses deste ano já é ultrapassada a faixa dos 85 mil acessos. Esta, popularmente conhecida como Tabela SEINFRA, surgiu em 20 de agosto de 2001, em decorrência da necessidade de se unificar e padronizar as boas práticas de engenharia dos diversos setores do Poder Público, criando assim um instrumento prático e eficaz, que conferiu isonomia nos certames licitatórios, além de transparência e publicidade. A referida tabela contabiliza hoje 32 edições, as quais são norteadas pelo tripé pesquisa de mercado, aliada às técnicas de engenharia, em conjunto com o respeito aos dissídios da categoria e ao salário mínimo.

 

Tal diretriz tem consolidado este instrumento como uma das principais ferramentas da uniformização e preparo dos orçamentos de obras e serviços de engenharia nos diversos níveis de Plano Diretor, Estudos de Viabilidade e Projetos Finais de engenharia. Suas informações servem à aplicação em diversas áreas da engenharia, como edificações, saneamento, sistemas viários, obras metro-ferroviárias, obras portuárias, sistemas de eletrificação de alta e baixa tensão, entre outros.

 

O trabalho de pesquisa e edição da Tabela, que atualmente alcança grande representatividade e contribuição ao desenvolvimento do Estado e, consequentemente, do País, será agraciado com o “Prêmio Destaque do Ano”, concedido pelo IBEC. A solenidade de premiação será realizada no dia 6 de maio, data em que é comemorado o Dia do Engenheiro de Custos, em evento no hotel Windsor Atlântida, no Rio de Janeiro.

 

A Tabela é atualizada periodicamente através de pesquisa de preços de mercado dos diversos insumos, os quais são divididos em 43 categorias, que se referem a mão de obra, materiais, serviços e equipamentos. As informações são colhidas junto aos dissídios coletivos das categorias e pesquisas de mercado.

 

O referido instrumento conta atualmente com 4.237 itens de serviços e 7.393 mil de insumos, sendo disponibilizado gratuitamente no site da SEINFRA (www.seinfra.ce.gov.br). Nele estão indicados preços referentes a Serviços Preliminares, Movimentação de Terra, Serviços Auxiliares, Obras de Drenagem, Argamassas, Fundações e Estruturas, Contenções, Paredes e Painéis, Esquadrias e Ferragens, Vidros, Cobertura, Impermeabilização, Proteção Térmica, Revestimentos, Pisos, Instalações Hidráulicas, Serviços Operacionais, Instalações Elétricas, Telefonia, Lógica, Som e Sistemas de Controle, Pintura, Pavimentação do Sistema Viário, Conservação do Sistema Viário e Obras Portuárias. Dessa forma, são apresentados os valores atualizados de cimento, argamassas, aço para armadura, louças e metais, ferragens, serviços de mão de obra, até aluguel de máquinas e equipamentos.

 

Para tornar mais abrangente a utilização da Tabela de Custos, a Seinfra disponibilizava esta ferramenta ao Tribunal de Contas do Estado – TCE, Tribunal de Contas dos Municípios – TCM,  Associação de Prefeitos do Ceará – Aprece, Sinduscon e Aconpec para efeito de fiscalização de custos de obras. Hoje, com a atualização dos recursos computacionais disponíveis, todo o conteúdo pode ser adquirido gratuitamente mediante download no site da Secretaria.

 

A Tabela Seinfra é amplamente utilizada por empresários da construção civil, inclusive a nível nacional, fato este comprovado pelo elevado número de acessos e constantes contatos efetuados.?Para o secretário Otacílio Borges Filho “A Tabela de Custos se tornou uma fonte de referência nacional em função da atualidade, qualidade e abrangência das informações que a compõe, oferecendo maior segurança no planejamento dos mais diversos tipos de obras”. O engenheiro Roberto Ribeiro, o principal articular do documento, ressalta que a tabela foi aperfeiçoada no atual Governo e hoje se equivale às tabelas de custos de órgãos federais como as da Caixa Econômica Federal (SINAPI) e DNIT (SICRO). “A Tabela vai além de outras do gênero, pois incorpora os custos de setores como rodovias, ferrovias, edificações, saneamento e até obras portuárias”, destacou Ribeiro.

 

O IBEC

 

O Instituto Brasileiro de Engenharia de Custos (IBEC), com sede no Rio de Janeiro, é uma entidade sem fins políticos ou lucrativos que visa promover as técnicas e tecnologias da Engenharia de Custos, como ciência multidisciplinar, integrando empresas e profissionais, atuantes em todos os segmentos e promovendo encontros, palestras, reuniões técnicas, cursos, seminários, congressos, publicações e principalmente o intercâmbio com as congêneres dos demais países do mundo. A entidade é a única representante do International Cost Engineering Council (ICEC) no Brasil.

 

06.05.2014

Assessoria de Comunicação da Seinfra

Marco da Escóssia (85 8898.4318 – 3216.3764)

Twitter: @seinfrace

Facebook: www.facebook.com/SeinfraCE