Dia das mães: Método Canguru aproxima mães de bebês prematuros

8 de maio de 2014

Com o pequeno Raul junto ao corpo, dentro de uma espécie de bolsa, fixada na altura do peito da mãe, a dona de casa e moradora do município de Cruz, na Região Norte do Estado, Solange da Silva, já sabe que vai passar o Dia das Mães no hospital, ao lado do filho, nascido prematuramente há pouco mais de um mês. Os dois estão com outras mães e bebês no setor de neonatologia do Hospital Regional Norte, construído pelo governo do Estado em Sobral. São 12 leitos do Método Mãe Canguru. 

 

Para Solange, “esse tempo que a mãe tem com o filho, assim, junto ao corpo, ajuda muito no desenvolvimento dele. O meu primeiro filho, de dois anos, não teve esse contato mais demorado comigo. O Dia das Mães para mim vai ter um significado especial este ano porque apesar de estar num hospital, estarei perto do meu filho, ajudando na recuperação dele”, afirmou.

 

Leito Mãe Canguru no Hospital Regional Norte, em Sobral

 

banner hrn saudereprodutivaInstalado no HRN desde o início de janeiro deste ano, o Método Canguru, que amplia o contato da mãe com o recém-nascido de baixo peso, permite maior participação do casal, no cuidado aos bebês, já que o pai também faz parte dessa atenção mais humanizada que favorece um maior vínculo familiar.

 

Entre outros benefícios desse contato corpo a corpo estão, o estímulo ao aleitamento materno, maior confiança dos pais no cuidado com os filhos, melhor controle térmico da criança, menor número de recém-nascidos na Unidade de Cuidados Intermediários, devido a redução de tempo de internação e maior rotatividade de leitos, melhor relacionamento da família com a equipe de saúde, além da diminuição de infecção hospitalar. Ligado à Unidade de Terapia Intensiva e à Unidade de Cuidados Intermediários Neonatal, o setor está hoje com oito bebês, que permanecem internados até o ganho de peso ideal, com média de 1.800kg.

 

Às mães também são garantidos cuidados especiais, com sete refeições diárias elaboradas em uma dieta balanceada na busca por um melhor equilíbrio nutricional, além de estruturas com áreas de lazer, onde mães e bebês tomam banho de sol diariamente e trocam informações e experiências entre elas. As equipes de saúde, divididas em três turnos, com médico, enfermeiros e técnicos de enfermagem, contam, ainda, com o apoio de multiprofissionais das áreas de fisioterapia, fonoaudiologia, nutricionistas, psicólogo e assistente social.

 

Toda semana, as mães participam de palestras que ajudam no cuidado com os bebês. Aprendem técnicas de higienização e educação em saúde. Todas se tornam multiplicadoras desses conhecimentos, repassados pelas equipes, que são enviadas à Fortaleza, regularmente, para a participação de capacitação pelo Centro de Educação Permanente em Atenção à Saúde, ligado à Escola de Saúde Pública do Ceará. Atualmente três desses profissionais do Hospital Regional Norte participam de capacitação no Hospital Dr. César Cals, em Fortaleza.

 

08.05.2014

Assessoria de Imprensa Hospital Regional Norte

(88 9659.4083)