Menor fóssil de camarão do Brasil é encontrado no município de Jardim

8 de maio de 2014

O menor fóssil de camarão do Brasil foi encontrado na Bacia Sedimentar do Araripe. A apresentação do achado acontece nesta sexta-feira (09), às 9 horas, no auditório da sede do Geopark Araripe, em Crato. Os pesquisadores da Universidade Regional do Cariri (URCA), Álamo Feitosa, e da Universidade do Sagrado Coração, em Bauru, no Estado de São Paulo, William Santana, abordarão as especificidades do fóssil Araripenaeus timidus, a nova espécime de camarão encontrada. A publicação do artigo de descrição do achado será feita na próxima edição dos Anais da Academia Brasileira de Ciências, no Rio de Janeiro, para o mundo científico.

 

O fóssil de 110 milhões de anos, do período Cretáceo inferior, foi encontrado no Museu de História Natural Barra de Jardim e desde o ano passado vinha sendo estudado. O camarão possui 0,5 cm e será o primeiro holótipo do museu, ou seja, exemplar exclusivo.

 

O material foi coletado na localidade de Sobradinho, em Jardim, sul do Estado do Ceará, e é pertencente à Formação Romualdo. Outro fóssil inédito de espécime de camarão foi encontrado no ano passado, o Kellnerius jamacaruensis, também na Bacia do Araripe.

 

08.05.2014

 

Universidade Regional do Cariri  (URCA)

Telefones: (88) 3102-1212 – 8812.5525 ramal 2617

www.urca.br – Crato, 24 de abril de 2014