Criada a 5ª macrorregião de saúde Litoral Leste/ Jaguaribe

19 de maio de 2014

O número de macrorregiões de saúde do Ceará aumenta de quarto para cinco, com a criação da macrorregião Litoral Leste/ Jaguaribe, formada pelos 20 municípios das  regiões de Limoeiro do Norte, Russas e Aracati. A criação foi aprovada pelo Conselho Estadual de Saúde (Cesau) na última segunda-feira, 12 de maio, depois de ter sido discutida e  aprovada a resolução que altera o Plano Diretor de Regionalização (PDR) das ações e serviços de saúde na manhã da sexta-feira, 9 de maio, no auditório da Secretaria da Saúde do Estado, e à tarde homologada pela Comissão Intergestores Bipartite (CIB-Ce). A resolução do PDR de 2014 que altera o PDR de 2011 será publicada no Diário Oficial do Estado.

A nova  macrorregião de saúde tem 532.302 habitantes dos municípios de Limoeiro do Norte, Alto Santo, Ererê, Iracema, Jaguaribara, Jaguaribe, Potiretama, Pereiro, Quixeré, São João do Jaguaribe, Tabuleiro do Norte – que integram a 10º Região,  Aracati, Fortim, Icapuí, Itaiçaba – 7º Região, e  Jaguaretama, Jaguaruana, Morada Nova, Palhano e Russas – 9º Região. A região mais populosa é a de Limoeiro do Norte, com 222.195 habitantes, em seguida vem a de Russas, com 196.063 habitantes, e Aracati, com 114.048 habitantes.  Juntas, têm 6,1% da população do Ceará, que segundo dados do IBGE de 2013 totaliza 8.778.575.

No governo Cid Gomes, com a criação da 5º macrorregião de saúde e a construção do Hospital Regional do Litoral Leste/Jaguaribe, a redução da demanda de pacientes do interior chega a 18,8%, calcula a coordenadora de políticas e atenção à saúde da Sesa, Vera Coelho. Isso porque antes, em 2011, criou a 4º macrorregião, a do Sertão Central, com 631.037 habitantes, que serão atendidos lá mesmo, no Hospital e Maternidade do Sertão Central que o governo do Estado está concluindo em Quixeramobim.

Outro fato que desafoga a capital, anterior a criação das duas novas macrorregiões e soma para o cálculo de 18,8%:   as regiões de saúde de Icó e Iguatu passaram a fazer parte da macrorregião do Cariri, com a população sendo assistida no Hospital Regional do Cariri, construído pelo governo do Estado e em funcionamento há três anos em Juazeiro do Norte. As duas macrorregiões juntas e as duas regiões de Icó e Iguatu têm uma população de 1.649.664 habitantes, que ganham uma nova estrutura de saúde, com hospitais de perfil de assistência geral, sem necessidade de transferências para a capital.       

Perfil do hospital regional

O perfil de assistência do Hospital do Litoral Leste/ Jaguaribe já está definido. Será um hospital geral, com emergência, e atendimento materno-infantil, e de ensino e pesquisa para formação de profissionais. Na definição da localização, a equidistância para facilitar o acesso aos serviços ofertados pelo hospital regional será um dos principais critérios.  

19.05.2014

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá 

selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5220 / 3101.5221
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara