ESP/CE realiza lançamento da segunda turma da Residência Integrada em Saúde para 341 profissionais

20 de maio de 2014

O Governo do Estado do Ceará e a Secretaria da Saúde, por meio da Escola de Saúde Pública, realiza no próximo dia 21 de maio, às 8h30, no Centro de Eventos, a solenidade de abertura da segunda turma da Residência Integrada em Saúde (RIS-ESP/CE).

 

Em 2014, a RIS-ESP/CE aumentou a sua oferta de 222 para 341 vagas. Neste ano, o Programa também ampliou a quantidade de ênfases, que de 4, passaram para 11 em razão de uma parceria estabelecida entre a RIS-ESP/CE e os Hospitais da Rede Sesa. São elas: Saúde da Família e Comunidade, Saúde Mental Coletiva e Saúde Coletiva, Enfermagem Obstétrica, Neonatologia, Pediatria, Infectologia, Neurologia e Neurocirurgia de Alta Complexidade, Cuidado Cardiopulmonar, Urgência e Emergência e Cancerologia.

 

Dessa forma, o evento marca mais um passo na consolidação do processo de interiorização da Política de Educação Permanente em Saúde no Ceará, contemplando os componentes comunitários (Saúde da Família, Saúde Mental Coletiva e Saúde Coletiva), envolvendo as Prefeituras Municipais de Acopiara, Arneiróz, Aracati, Brejo Santo, Camocim, Canindé, Catarina, Crateús, Eusébio, Fortaleza, Horizonte, Iguatu, Icapuí, Maracanaú, Maranguape, Quixadá e Tauá, as 22 Coordenadorias Regionais de Saúde e os Hospitais Instituto do Câncer do Ceará –  ICC, Instituto Dr. José Frota – IJF, Hospital Geral de Fortaleza – HGF, Hospital de Messejana Dr. Carlos Alberto Studart Gomes – HM, Hospital Geral César Cals – HGCC, Hospital Infantil Albert Sabin – HIAS e Hospital São José de Doenças Infecciosas – HSJ.

 

A execução da RIS-ESP/CE evidencia uma forte parceria entre as três instâncias de governo – federal, estadual e municipal – e integra 12 profissões da saúde em 11 programas de residência multiprofissional compondo um  total de 324 residentes e 500 preceptores imersos no Sistema Único de Saúde (SUS) de todas as regiões do Estado do Ceará. O objetivo da RIS-ESP/CE é formar profissionais com competências adequadas para garantir à população acesso de qualidade aos serviços de saúde e colaborar para integração das Redes Assistenciais em Saúde. As residências constituem estratégia de educação permanente, provimento e fixação profissional, sobretudo na Rede Estadual de Saúde, em plena expansão.

 

20.05.2014

 

Assessoria de Comunicação e Marketing
Assessoria de Desenvolvimento Institucional Escola de Saúde Pública do Ceará
Marcos Saudade, Amanda Peixoto e Hariádina Salveano
Website: www.esp.ce.gov.br
Twitter: twitter.com/espce
Fone/Fax: (85) 3101.1412