Leilão reverso possibilita construção de mais 417 km de adutoras emergenciais

29 de maio de 2014

O Governo do Estado realizou nesta quinta-feira (29), na Assembleia Legislativa, leilão reverso para a contratação de empresas para a execução da terceira fase de construção de adutoras emergenciais. Ao todo foram 12 lotes para a implantação de 417 km de adutoras emergenciais de montagem rápida, distribuídos entre os municípios de Crateús, Caridade, Nova Russas, Canindé, Tauá, Irauçuba, Caririaçu, Alcântaras, Potiretama, Quiterianópolis e Maranguape, beneficiando mais de 270 mil pessoas. O governador Cid Gomes conduziu o processo ao lado do vice-governador Domingos Filho e do presidente da Assembleia Legislativa, José Albuquerque.   

 

Com a realização do leilão foi possível uma redução entre 9,5% a 37% nos preços iniciais. O início das obras deve ser imediato e o prazo para a conclusão, dependendo das etapas, é entre 120 e 160 dias. Para a validação das propostas, as empresas vencedoras têm o prazo de dois dias para apresentar o preço oferecido ao setor de compras da Companhia de Gestão dos Recursos Hídricos (Cogerh).

 

leilao dentro 1RAntes do leilão, o governador Cid Gomes apresentou o esforço do Estado em políticas de segurança hídricos como o Cinturão das Águas – que está em execução. Implantação de cisternas de placas; sistemas de abastecimento de água, construção de barragens e adutoras, e o Eixão das Águas – já concluído e que dá garantia de abastecimento na Região Metropolitana para os próximos 40 anos.

 

 

O processo foi dividido em 12 lotes:

 

– Lote 1: Compra de tubulação de aço foi arrematado por R$ 44,4 milhões pela empresa Hidrostec, mais de R$ 15 milhões abaixo do preço apresentado. 37% de redução do preço original.
– Lote 2: Compra de tubulação de aço foi arrematado por R$ 26,6 milhões pela empresa Hidrostec. Preço original R$ 33,4 milhões. 21% de redução do preço original.
– Lote 3: Compra de tubulação de aço foi arrematado por R$ 53,6 milhões pela empresa Pipe. Preço original R$ 42,7 milhões. 21,5% de redução do preço original.
– Lote 4: Execução de adutora do manancial do Araras, beneficiará cerca de 100 mil pessoas e ligará as sedes entre Crateús e Nova Russas. Foi arrematado por R$ 12,8 milhões pela empresa Cosampa. Preço original R$ 13,1 milhões. Redução de 9,8% do preço original.
– Lote 5: Execução de adutora entre Canindé e Caridade, beneficiará cerca de 58 mil pessoas. Foi arrematado por R$ 4,4 milhões pela empresa Cimencol . Preço original R$ 4,6 milhões. Redução de 9,4% do preço original.
– Lote 6: Execução de adutora para Tauá, beneficiará cerca de 33 mil pessoas. Foi arrematado por R$ 3,2 milhões pela empresa Cimencol. Preço original de R$ 3,38 milhões. Redução de 9,6% do preço original.
– Lote 7: Execução de adutora para Irauçuba, beneficiará cerca de 30 mil pessoas. Foi arrematado por R$ 3,3 milhões pela empresa Cimencol. Preço original R$ 3,47 milhões. Redução de 9,5% do preço original.  
– Lote 8: Execução de adutora de Caririaçu, beneficiará cerca de 14 mil pessoas. Foi arrematado por R$ 3,23 milhões pela empresa Cosampa. Preço original R$ 3,39 milhões. Redução de 9,5% do preço original.  
– Lote 9: Execução de adutora de Alcântaras, beneficiará cerca de 4,5 mil pessoas. Foi arrematado por R$ 2,0 milhões pela empresa S&V. Preço original R$ 2,06 milhões. Redução de 9,7% do preço original.  
– Lote 10: Execução de adutora de Potiretama, beneficiará cerca de 8 mil pessoas. Foi arrematado por R$ 1,75 milhão pela empresa DGLog. Preço original R$ 1,79 milhão.  Redução de 9,7% do preço original.  
– Lote 11: Execução de adutora de Quiterianópolis, beneficiará cerca de 21 mil pessoas. Foi arrematado por R$ 3,1 milhões pela empresa Gaid. Preço original R$ 3,21 milhões.  Redução de 10,3% do preço original.  
– Lote 12: Execução de adutora de Maranguape, beneficiará cerca de 3,5 mil pessoas. Foi arrematado por R$ 1,6 milhão pela empresa DGLog. Preço original R$ 1,7 milhão. Redução de 10% do preço original.  

    
leilão dentro 2R

 

29.05.2014

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br – 85 3466.4898