Pecém movimentará cerca de 8,8 milhões de toneladas até o final deste ano

6 de novembro de 2014

A movimentação de mercadorias no Terminal Portuário do Pecém deve alcançar 8,8 milhões de toneladas até o final deste ano, ultrapassando os 6,3 milhões de 2013. No período de janeiro a outubro de 2014, foram movimentadas através do porto do Pecém 6,9 milhões de toneladas de mercadorias, transportadas por 401 navios. Esse número representa uma elevação de 46% em relação ao mesmo período do ano passado, quando foram movimentadas 4,7 milhões.

 

Por tipo de carga, o destaque ficou com os granéis sólidos, com três milhões de toneladas, seguindo-se os contêineres com 1,6 milhão, granéis líquidos com 1,4 e a carga solta, que totalizou 868 mil toneladas. As importações contribuíram com 5,6 milhões, enquanto as exportações registraram a movimentação de 1,3 milhão.

 

Os produtos mais movimentados no longo curso foram os combustíveis minerais, minérios e as frutas. As importações, também no longo curso, tiveram os combustíveis minerais, os produtos siderúrgicos e o clinker (cimento não pulverizado) como os mais movimentados.

 

Na cabotagem, que é a movimentação entre portos do mesmo país, os principais produtos exportados foram os combustíveis minerais, o clinker e máquinas e materiais elétricos. Os combustíveis minerais, os produtos siderúrgicos e os cereais lideraram a importação pela cabotagem.

 

A movimentação de frutas registrou um total de 98 mil ton, sendo 51 mil de melão, 21 de manga, nove de melancia, oito mil de castanhas de caju e duas mil de uvas frescas ou secas.

 

As frutas com origem no Rio Grande do Norte lideraram com 43%, seguindo-se o Ceará com 32, a Bahia com 14 e Pernambuco com nove por cento. A Holanda recuperou a posição isolada de maior importador de frutas, com participação de 33%, seguida pela Grã Bretanha com 26 e Estados Unidos com 24% de participação.

 

06.11.2014

Assessoria de Comunicação da Cearáportos

Joseoly Moreira (joseoly@gmail.com – 85 9983.2525)