Criadores têm até o dia 3 de dezembro para vacinar rebanho contra a Aftosa

18 de novembro de 2014

O Governo do Estado do Ceará, através da Secretaria do Desenvolvimento Agrário (SDA) tem discutido com criadores da Região Metropolitana de Fortaleza (RMF), com o objetivo de avaliar o andamento da campanha de vacinação contra a febre aftosa.

 

A não vacinação do rebanho trará aos criadores a inadimplência, acarretando assim nas sanções legais como multa e a não autorização da emissão da guia de trânsito animal (GTA) para os criadores que não vacinaram o rebanho. A média da dose de vacina está R$ 1,70 e a multa para aqueles criadores inadimplentes está em torno de R$ 16,00 por cabeça.

 

Para o presidente da ADAGRI, Augusto Júnior, quanto mais cedo adquirir a vacina e imunizar seus animais e declarar melhor. “Nós clamamos aos produtores que venham declarar a vacinação, aqueles que já vacinaram. E para aqueles que ainda não vacinaram, ainda faltam 15 dias.

 

Segundo o secretário adjunto do Desenvolvimento Agrário, Antônio Amorim, esses encontros fortalecem a campanha. “A campanha não pode esfriar, ela tem que ser cada vez mais positiva para que nós mantenhamos esse status de reconhecimento internacional”.

 

18.11.2014 

Assessoria de Imprensa da SDA

Lúcio Filho / Mariana Galvão (ascom@sda.ce.gov.br / 85 3101.8105)