Centro de Referência sobre Drogas é implantado no Ceará

18 de dezembro de 2014

O CRD foi entregue nesta quinta-feira (18), pelo governador Cid Gomes e disponibilizará, até o final deste ano, 1000 vagas em unidades acolhedoras aos dependentes.

 

Nesta quinta-feira (18) o Governador Cid Gomes entregou a população cearense um importante equipamento no combate e prevenção as drogas, o Centro de Referência sobre Drogas (CRD). O espaço atenderá usuários de drogas, dependentes químicos além dos familiares dessas pessoas. “O Centro é um cérebro para articular toda a cadeia que envolve essa problemática e que atuará com ações em todas os estágios, na crise, recuperação, internação, em uma das fases mais difíceis que é a reintegração do usuário, e na prevenção que merece o envolvimento de todos os entes relacionados à causa”, destacou o Governador durante a solenidade de inauguração do Centro de Referência sobre Drogas.

 

O equipamento, implantado pelo Governo do Estado, por meio da de cooperação técnica entre a Assessoria Especial de Políticas sobre Drogas e a Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), integrará as políticas públicas intersetoriais sobre uso de álcool e outras drogas. O objetivo é promover ações de prevenção e fortalecer a atenção integral aos usuários e suas famílias, acolher e encaminhar dependentes e seus familiares para as redes assistencial e de reinserção social. Segundo a assessora especial de políticas sobre drogas, Socorro França, o Centro já trabalha com 600 vagas em unidades acolhedoras aos dependentes, que deverá ser ampliada em 1.000 vagas até o final deste ano. “O Governo do Estado, com todos os envolvidos no Centro, fará um trabalho voltado para a dignidade do ser humano. Vamos cuidar, tratar, e colher essas pessoas. Os usuários são pessoas doentes, e precisam ser tratados como doentes, com a estrutura necessária e adequada”, reforçou Socorro França.

 

CRD18122O Centro funciona no antigo prédio da Escola Juvenal Galeno, que recebeu para adequação das instalações o montante de R$ 250 mil, oriundos do Tesouro Estadual. Para mobiliar e equipar o CRD foram investidos R$ 710.762,87, previsto em convênio com a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (SENAD), sendo R$ 639.137,27 do Governo Federal e R$ 71.625,60 do fonte Tesouro estadual. “Fico muito feliz com a oportunidade de inaugurar esse equipamento, que traz ao ambiente a interação necessária entre as redes públicas nos cuidados com usuários e seus familiares”, reforçou o representante do Ministério da Saúde, Silvio Cury.

 

Na ocasião o Governador Cid Gomes lembrou da importância que tem o envolvimento dos agentes públicos, instituições religiosas e toda sociedade civil. “A droga é uma questão muito desafiadora, que só se dará encaminhamento se houver o envolvimento de todos. É importante também que se implante no coração da juventude a vontade de sonhar, e isso acontece investindo na educação, através das escolas de tempo integral, e em estímulo ao esporte. Isso alimentará no jovem a expectativa de sonhar e utilizar seu tempo de forma sadia”, conclui o Governador Cid Gomes.

 

Na ocasião foi assinado um Convênio entre Governo do Estado e Associação dos Conselheiros e Ex-Conselheiros Tutelares para equipar e estruturar 100 Conselhos Tutelares no Estado.   

 

Sobre o Centro de Referência sobre Drogas (CRD)

 

Segundo informações da Secretaria da Saúde do Estado (Sesa), o CRD está estruturado em quatro núcleos. O Núcleo de Atendimento fará o acolhimento presencial, com funcionamento das 08 horas às 17 horas, de segunda a sexta-feira, no teleatendimento, pelo número 0800 2751475, e em duas Unidades Móveis de Prevenção e Orientação sobre Drogas. O Núcleo de Capacitação em Assistência a Dependentes Químicos desenvolverá ações de qualificação teórico-prática de profissionais para atuar na área, enquanto o Núcleo de Prevenção Sobre Drogas vai articular ações preventivas junto com os municípios.

 

Setor estratégico do CRD, o Núcleo do Observatório Estadual Sobre Drogas tem a missão de reunir, gerenciais, analisar e divulgar conhecimentos e informações sobre temas relacionados às drogas, bem como oferecer espaços para estudos e pesquisas que contribuam para o desenvolvimento de novos conhecimentos aplicados às atividades de prevenção, atenção e reinserção social. O Núcleo já realizou o mapeamento de 46 Conselhos Municipais de Políticas sobre Drogas (COMADs) e de 21 órgãos municipais de drogas em todo o Ceará.

 

Para cumprir as atribuições, o CRD vai manter banco de dados sobre o perfil epidemiológico da dependência química, disponibilizar informações sobre substâncias psicoativas a estudantes, educadores, famílias, trabalhadores da rede de assistência, educação, segurança pública, saúde e comunidade em geral, implementar parcerias com as instituições de ensino superior para serviços de extensão acadêmica e capacitação e manter a rede de atenção integrada com qualidade no atendimento aos usuários e familiares. Além das pessoas que fazem uso ou são dependentes, o CRD tem como público as instituições públicas e privadas, igrejas, comunidades terapêuticas, Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e grupos de ajuda, como Alcoólicos Anônimos (AA), Narcóticos Anôninos (NA), Amor Exigente (AE), Celebrando Restauração, entre outras.

 

18.12.2014

Coordenadoria de Comunicação do Governo do Estado

Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)