Cid Gomes será Ministro da Educação

23 de dezembro de 2014

O governador Cid Gomes foi anunciado, nesta terça-feira (23), ministro da Educação. O chefe do executivo cearense atendeu ao convite feito pela presidenta Dilma Rousseff. No momento do anúncio, feito pelo Governo Federal, o Governador estava na Assembleia Legislativa do Ceará (AL), onde fazia pronunciamento de balanço das ações de governo e de agradecimento à parceria dos deputados estaduais, durante os oito anos de sua gestão.

 

 

Cid Gomes declarou que jamais recusaria um convite da presidenta Dilma, por quem nutre profundo respeito. De acordo com ele, a Presidenta ratificou que o desafio mais importante para o País está na Educação, e por isso ele resolveu assumir este desafio. “Acima de tudo temos que colocar nossa Pátria, nosso País. Procurarei ouvir muito e não cansarei de buscar o melhor para melhorar a qualidade da educação pública no Brasil”, frisou.

 

 

Durante o pronunciamento, o Governador agradeceu ao Legislativo e reafirmou ser fundamental a experiência adquirida no parlamento para a função que exerce no executivo. “Procurei estabelecer uma relação de diálogo com esta Casa e para mim foi um privilégio este significativo apoio”, destacou, a referir-se ao apoio de 40 dos 46 deputados estaduais.

 

 

A Domingos Filho, Zezinho Albuquerque, Nelson Martins e José Sarto, ex-vice-governador, presidente da Assembleia e líderes do Governo durante sua gestão, respectivamente, Cid Gomes fez agradecimento nominal.

 

 

Após seu discurso, Cid Gomes recebeu manifestação de apoio, reconhecimento e gratidão de todos os parlamentares presentes.

 

 

 

Balanço

 

 

Na tribuna da AL, o Governador fez um balanço dos principais avanços do Governo nos últimos oito anos. Na Economia Cid destacou que apesar de sermos a 11ª economia do Brasil, somos o 4º estado em investimentos públicos atrás apenas de estados como SP, RJ e MG. Na Educação, destacou os programas do Ceará que se tornaram modelo nacional; a construção de escolas, a melhora da qualidade do ensino e etc. Na Saúde, citou a rede implantada com a construção de UPAs, CEOs, Policlínicas, Hospitais Regionais e apoio aos município para a atenção básica. Na Infraestrutura, a geração de energia, água, estradas, porto, aeroportos, entre outras.

 

 

 

23.12.2014

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Ceará
Casa Civil (comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)