Atendimentos em Ouvidoria crescem 24% em 2014

7 de janeiro de 2015

A Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) divulga, nesta quarta-feira (07), o balanço de 2014 dos números de Ouvidoria. Durante o ano de 2014, foram contabilizados mais de 55 mil atendimentos em ouvidoria, apresentando um crescimento de 24% em relação ao ano anterior. O índice geral de satisfação do cidadão com as ferramentas de ouvidoria do Estado foi de 82%. O tempo médio de atendimento das manifestações é em torno de 09 dias, lembrando que o prazo legal é de 15 dias, prorrogáveis por mais 15.

 

A Ouvidoria recebe manifestações, por meio do telefone gratuito 155, pela internet através do Sistema de Ouvidoria (SOU) e redes sociais (twitter e facebook), e de forma presencial em qualquer órgão ou entidade do Poder Executivo Estadual. Em 2014, 91,39% das manifestações de ouvidoria foram respondidas no prazo legal. No final de 2013, esse índice apontava 83,8%.

 

Com base nos dados acima, foi possível observar um aumento no número de solicitações de serviço e contribuição do cidadão, como elogios e sugestões, em relação ao ano anterior. Em 2013, o número de solicitações de serviços era de 7.584 mil, saltando em 2014 para 12.365. Quanto à contribuição do cidadão, em 2013 a ouvidoria registrou 6.806, já no ano passado foram registradas 7.753 contribuições. Em 2014, o cidadão também se mostrou mais participativo, apresentando reclamações, denúncias e críticas, que no total somaram 35.531manifestações.

 

Acesso à Informação

 

Durante todo o ano de 2014, o número de solicitações de informação ultrapassou as 25 mil, ficando com um tempo médio de atendimento em torno de 04 dias, com um prazo legal de 20 dias, prorrogáveis por mais 10. Dentre os órgãos mais demandados estão a Cagece com 8.618 solicitações, o Departamento Estadual de trânsito (Detran) contabilizando 4.462 solicitações, a Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) com 3.031 solicitações, a Secretaria da Fazenda (Sefaz) registrando 2.325 solicitações, e a Secretaria da Educação (Seduc) com 1.221 solicitações.

 

Já quanto aos assuntos mais demandados, está a busca por informações de endereços e telefones de órgãos, entidades públicas e a outros poderes e entidades públicas, informações relativas à falta de água e cobranças indevidas, serviços prestados pelo Detran, Programa Minha Nota Vale Dinheiro, solicitações por informações sobre concursos públicos e a emissão de certificados escolares.

 

Para o registro dessas solicitações, a CGE disponibiliza canais gratuitos de atendimento ao cidadão, voltados ao exercício do controle social e ao fomento das políticas públicas, colocando à disposição recursos telefônicos, da rede mundial de computadores e atendimento presencial, de modo a viabilizar com celeridade a recepção e o registro das solicitações apresentadas.

 

Central de Atendimento Telefônico da Ouvidoria

 

A Central de Atendimento Telefônico é o principal canal de entrada de demandas de ouvidoria e acesso à informação de todo o Estado, e vem permitindo a universalização dos serviços, por meio de um número não tarifado para o cidadão. Em 2014, foram registrados 77.919 atendimentos, sendo emitidas 16.914 respostas ao cidadão pela Central.

 

A Central, que completará este ano sete anos de atividade, foi criada em janeiro de 2008, com a finalidade de disponibilizar ao cidadão um canal de atendimento por meio de ligação telefônica, assegurando celeridade e qualidade no atendimento.

 

Serviço:

Ouvidoria Geral do Estado

Telefone: 155 (ligação gratuita)

Site: www.ouvidoria.ce.gov.br

Twitter: @ComunicacaoCGE
Facebook: www.facebook.com/CgeCeara

 

07.01.2015

 

Assessoria de Comunicação da Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE)
(85) 3101.3474
www.cge.ce.gov.br
www.transparencia.ce.gov.br
www.ouvidoria.ce.gov.br
@ComunicacaoCGE