Seinfra apresenta estudo com proposta para o desenvolvimento da infraestrutura de logística de transporte no Ceará

14 de janeiro de 2015

Um diagnóstico dos diversos modais de transporte no Ceará, acompanhado de recomendações dos investimentos, visando o desenvolvimento do setor nos próximos 25 anos, foi apresentado nesta quarta-feira (14) aos representantes da Secretaria da Infraestrutura – SEINFRA e suas vinculadas, do Conselho Estadual de Desenvolvimento Econômico – CEDE, Secretaria do Planejamento e Gestão – SEPLAG, Agência de Desenvolvimento Econômico do Ceará – ADECE e outros órgãos estaduais e federais ligados à área. O estudo, reunido no Plano Estadual de Logística e Transporte – PELT, foi apresentado durante reunião no gabinete do secretário da infraestrutura do Estado, André Facó, no Centro administrativo do Governo do Estado (Cambeba), por consultores que realizaram a pesquisa.

 

Elaborado pela Seinfra em parceria com a SEPLAG e ADECE, o PELT toma como parâmetro o período de 2012 à 2040, se propõe a responder a questões como em que medida os investimentos em infraestrutura de transportes tem impacto na economia, quais investimentos devem ser priorizados, bem como apresentar orientações quanto a racionalização dos fluxos de transporte, com a integração física e intermodalidade e melhoria da qualidade da infraestrutura do setor, dentre outras, dando uma visão geral do setor de logística e transportes no Ceará. Ao mesmo tempo subsidia o gestor estadual, até mesmo ao setor privado, com um instrumento de planejamento e monitoramento da rede logística estadual, seja nos setores rodoviário, ferroviário, aeroportuário e de dutovias.

 

O Secretário André Facó, destacou que “O Plano Estadual de Logística e Transporte é o primeiro passo para a modelagem e planejamento de como a infraestrutura do Estado vai se desenvolver nos próximos anos”, ressaltando que “esses investimentos, antes de serem apenas em obras, devem continuar sendo executados levando em conta os benefícios que oferecerão à população”. Também presente à reunião, a secretária do Cede, Nicolle Barbosa, reforçou que “O PELT ajudará a aumentar a competitividade do Estado em atração de negócios, pois fortalecendo a logística, oferecemos melhores condições para o escoamento de insumos e mercadorias”.

 

Apresentado pelos consultores Affonso Palmeiro e Luiz Latgé, da equipe do consórcio que elaborou os estudos, o PELT destacou, dentre suas conclusões, que o Estado tem uma boa perspectiva de manter, e até mesmo aumentar o seu nível de crescimento econômico, daí necessitar continuar investindo na infraestrutura adequada para se possuir uma logística economicamente competitiva frente a outros estados brasileiros. Dentre as recomendações, citaram a necessidade do setor rodoviário avançar no seu aperfeiçoamento, mediante a realização de contagem permanente do volume de tráfego da malha rodoviária; pesquisa, a cada três anos, de origem e destino de tráfego; atualizar seus sistemas de controle; utilizar taxas de crescimento de longo prazo para o redimensionamento do pavimento de suas rodovias, entre outras recomendações.

 

 

14.01.2015

 

Marco da Escóssia – CE01475JP
Assessor de Comunicação da SEINFRA
Tel.: (85) 8898-4318 ou (85) 3216-3764
Twitter: @seinfrace
Facebook: www.facebook.com/SeinfraCE