Governador participa da reunião do Programa em Defesa da Vida na SSPDS

21 de janeiro de 2015

O governador Camilo Santana participou, nesta terça-feira (20), da reunião de monitoramento semanal do Programa Em Defesa da Vida, realizada na sede da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Na ocasião, o governador informou que participará uma vez por mês do encontro, que acontece todas as terças-feiras. Essa é uma área prioritária do Governo.

 

Na oportunidade, Camilo Santana demonstrou a preocupação do Governo com a Segurança Pública do Estado. O governador se colocou à disposição para o enfrentamento da criminalidade. “Coloco-me à disposição para o que for necessário no enfrentamento à criminalidade. Não só olhando para as necessidades internas das corporações, mas também conscientes do papel que temos que cumprir com a sociedade cearense”, frisou.

 

Em relação ao Em Defesa da Vida, o governador destacou que o Programa praticamente estagnou o crescimento de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), no Estado em 2014, e ressaltou a importância da integração dos órgãos que compõem o Sistema de Segurança Pública do Estado.

 

O Secretário apresentou os dados semanais para o governador e frisou o compromisso da SSPDS com a sociedade cearense. “Nossa obrigação é garantir a segurança da população. Tenham em mim um parceiro para construir de forma conjunta a solução para combater a criminalidade”, finalizou o governador.

 

Visita Governador 2Além do titular da SSPDS, Delci Teixeira, estiveram presentes os titulares da Polícia Civil (PC), Polícia Militar (PM), Corpo de Bombeiros Militar (CBM), Perícia Forense (Pefoce) e os responsáveis pelas 18 Áreas Integradas de Segurança (AISs) do Estado.

 

Em Defesa da Vida

 

O Programa, oficialmente lançado em abril de 2014, tem como premissas: a territorialidade – o Estado foi dividido em 18 Áreas Integradas de Segurança (AISs), a responsabilidade – cada uma das AISs tem como responsável um delegado da Polícia Civil, um oficial da Polícia Militar e um oficial do Corpo de Bombeiros –, o estabelecimento de metas – a cada trimestre os índices de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLIs) devem ser reduzidos em 6% – e a meritocracia – os servidores do Sistema de Segurança lotados nas áreas que conseguiram reduzir seus índices criminais recebem uma premiação em dinheiro.

 

21.01.2015

Assessoria de Comunicação da SSPDS

Kélia Jácome (85 3101.6517 – 8766.0028)