Primeira-Dama se reúne com UFC e Iprede em prol da infância no Ceará

21 de janeiro de 2015

Com intuito de aprimorar as iniciativas para a Infância no Ceará, a primeira-dama do Estado, Onélia Leite, visitou nesta terça-feira (20/1) o Instituto da Primeira Infância (Iprede). Na ocasião, ela se reuniu com o presidente da instituição, Sulivan Mota, a Pró-Reitora de Extensão da Universidade Federal do Ceará (UFC), Márcia Machado, e o professor Titular da UFC e representante do Iprede Álvaro Madeiro Leite, para formar parcerias em prol da Primeira Infância do Estado.

 

Onélia conheceu a estrutura e o funcionamento do Iprede, que acolhe mais de mil crianças e suas mães através de atendimentos realizados pela equipe multiprofissional. “A visita da primeira-dama no início do mandato do marido dela no Estado do Ceará tem uma representação muito grande. Ela ter vindo buscar cooperação no âmbito de assistência à criança. E essa criança que está na primeira infância. A primeira infância que, na realidade, é o período da vida que se estrutura todo ser humano, onde se estrutura toda uma futura sociedade”, destacou Sulivan Mota.

 

A Pró-Reitora da UFC ressaltou a importância da parceria entre a universidade e o Estado. “É um momento muito rico para a universidade. Uma primeira-dama que tem uma sensibilidade de procurar uma instituição que hoje, inclusive, completou 60 anos de implementação, de buscar a expertise que vem sendo construída em todos esses anos para dialogar com esse movimento político”. Márcia Machado elogiou a escolha da primeira-dama de trabalhar com a Primeira Infância. “Eu acredito que dentro do enfoque da Primeira Infância, que é uma necessidade de hoje se trabalhar, é uma visão muito futurista. Uma primeira-dama jovem que pensa justamente em trabalhar no enfoque de prevenir futuros problemas com a nossa sociedade”, completou.

 

Educação

 

A primeira-dama do Estado recebeu na tarde desta terça-feira em seu Gabinete a vice-governadora, Izolda Cela, o secretário da Educação do Estado, Maurício Holanda, e equipe técnica para debater como aperfeiçoar a educação infantil no Ceará. Onélia quer ainda estimular o desenvolvimento das crianças e formar profissionais que cuidem delas e de sua família.

 

Na pauta, o principal tema discutido foi a implementação do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Infantil (PADIN), que consiste em visitas domiciliares e encontros coletivos para o acompanhamento e treinamento das mães, dos pais ou dos cuidadores das crianças de 0 a 3 anos e 11 meses, de forma a possibilitar o seu desenvolvimento integral através do estímulo de processos de aprendizagem.

 

O secretário da Educação comemorou o apoio da primeira-dama às secretarias para investir na Primeira Infância. “Essa ação de cuidar da Primeira Infância é de extrema importância. Ela não é uma área exclusiva da Educação, da Saúde, do Trabalho e Desenvolvimento Social, é uma ação de todos. E a gente poder contar com a atenção, com o apoio da primeira-dama, com a sensibilidade dela, é a certeza que nós teremos mais força para realizar o que a gente precisa”, apontou.

 

21.01.2015

Assessoria de Imprensa do Gabinete da Primeira-Dama

Déborah Vanessa ( jornalistadeborahvanessa@gmail.com  / 85 8809.8731)