Governo do Estado divulga campanha de vacinação contra sarampo

27 de fevereiro de 2015

O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Saúde (Sesa), lançou nesta sexta-feira,27, a campanha de vacinação contra o sarampo para jornalistas, comunicadores, servidores públicos e profissionais da saúde. O evento, realizado no auditório da Secretaria, na Praia de Iracema, destacou ainda entre as metas a de garantir a certificação de eliminação da doença nas Américas.

Segundo o secretário adjunto da Saúde do Estado, Henrique Javi, o maior impacto da campanha é a de sensibilização social, devido a medidas já feitas no ano de 2014, porém com pouca adesão da população. “Essas ações tem o objetivo de maximizar a compreensão e conscientização da sociedade para o envolvimento do processo de controle e combate do sarampo em nosso Estado”, declarou o secretário.

Entre as diversas ações e estratégias desenvolvidas, estão as da campanha publicitária em que serão divulgados em emissoras de rádio e televisão, além de anúncios e banners para jornais e redes sociais. Também serão distribuídos, em toda rede de saúde estadual, cartazes e folderes com a mensagem: “Campanha de Vacinação – Todos contra o Sarampo”.

Sobre os casos de sarampo no Estado
Há 730 casos confirmados de sarampo em 32 municípios cearenses desde o início do surto, com o primeiro caso confirmado no dia 25 de dezembro de 2013, até segunda-feira, 23 de fevereiro, quando a Sesa divulgou o último boletim epidemiológico sobre o sarampo. Desse total, 199, que representam 27,2%, são crianças com menos de 1 ano. Dos 199 casos, em 71 casos as crianças tinham menos de seis meses de vida. Ou seja, 35,6%.

O Ceará já não registrava casos de sarampo há 15 anos, contribuindo para o Brasil e as Américas no processo de eliminação da doença, inclusive com Certificação de Eliminação do Sarampo nas Américas. “Esse é um esforço que a Sesa, juntamente com Ministério da Saúde, Organização Pan-Americana de Saúde e secretarias de saúde dos municípios do Estado, para não deixar que a doença se restabeleça. Dentre as diversas atividades, temos a estratégia de fortalecer a vigilância na identificação dos casos e, principalmente, a vacinação”, ressalta Márcio Garcia, coordenador de promoção e proteção de Saúde da Sesa.

27.02.2015    

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898