Movimentação de mercadorias no Pecém cresceu 51%

6 de Março de 2015

Nos dois primeiros meses de 2015, a movimentação de mercadorias através do porto do Pecém registrou variação positiva de 51%, comparando-se com o mesmo período do ano passado. Este ano, 1.6 milhão de toneladas foram movimentadas, contra um milhão em janeiro e fevereiro de 2014.

As importações contribuíram com 1.4 milhão de toneladas, enquanto as exportações tiveram participação de 198 mil, com destaque para os granéis sólidos que registraram elevação de 142% em relação ao mesmo período do ano anterior.

No transporte de longo curso foram movimentadas 1.4 milhão de toneladas, enquanto na cabotagem, que é a navegação entre portos do mesmo país, a movimentação foi de 143 mil t.

As frutas que registraram maior participação foram o melão, com 18 mil t, seguindo-se melancia com três mil e manga com duas mil. O Rio Grande do Norte continua liderando a origem das frutas, com participação de 61%, secundado pelo Ceará (33), Bahia e Pernambuco (3% cada). O principal destino é mais uma vez a Holanda com 43%, seguida da Grã Bretanha (25), Espanha (16), Itália (7) e Estados Unidos com 4%.

No ranking das importações de todos os portos brasileiros, segundo a Secex – Secretaria do Comércio Exterior do Ministério da Indústria, Comércio e Desenvolvimento o porto cearense é líder absoluto na movimentação de clinkers (cimentos não pulverizados), com participação de 41%, seguido pelos portos de São Luiz com 22 e Suape com 19%. O Pecém é segundo colocado na exportação de frutas, com participação de 26%, ficando a liderança com o porto de Parnamirim (RN), que registrou participação de 41%.

 

 

06.03.2015

 

Assessoria de Comunicação da Cearaportos
Joseoly Moreira (joseoly@gmail.com – 85 9983.2525)