Saúde vai à escola para iniciar vacinação contra HPV na próxima segunda-feira (09)

6 de Março de 2015

Com uma roda de conversa entre pais e filhas e especialistas em imunização e professores, a Secretaria da Saúde do Estado e a Secretaria da Saúde de Fortaleza iniciam a vacinação de meninas de 9 a 11 anos de idade contra o papilomavírus humano (HPV) nesta segunda-feira, 9 de março, dentro de uma escola. Será na Escola de Ensino Fundamental Conceição Mourão, na Rua Duas Nações, 550, na Granja Portugal, ao lado da Unidade da Saúde Jurandir Picanço, às 9h30min. Na roda de conversa, que será seguida da vacinação, serão dadas informações sobre a importância da vacina na prevenção ao câncer de colo de útero.

 

No Ceará deverão ser vacinadas com a primeira dose da vacina quadrivalente 83.579 crianças e adolescentes nessa faixa etária. A meta definida pelo Ministério da Saúde é a imunização de 80% da população-alvo. A vacina HPV faz parte do Calendário Nacional de Vacinação e está disponível nas ações de rotina das unidades básicas de saúde desde março do ano passado, quando passaram a ser vacinadas meninas de 11 a 13 anos. Além da primeira dose a partir de 9 de março, será oferecida a segunda dose seis meses depois, e a terceira cinco anos após a primeira dose.

 

A orientação do Ministério da Saúde para as secretarias estadual e municipais de saúde é vacinar também as adolescentes de até 13 anos que ainda não tenham recebido a primeira dose. Serão também vacinadas de maneira diferenciada as mulheres de 9 a 26 anos de idade vivendo com HIV. Serão vacinadas com a segunda dose as adolescentes que já completaram 14 anos e já receberam a primeira dose, além das mulheres que receberam a primeira dose há mais de seis meses. Em 2014 o Ceará vacinou 267.886 meninas de 11 a 14 anos com a primeira dose, registrando a maior cobertura do Brasil, com 98,8% do público prioritário vacinado. Na segunda dose, apenas a faixa de 13 anos cumpriu a meta, com cobertura de 82,74%. No total, foram vacinadas com a segunda dose 163.943 mulheres. A partir de 2016, serão vacinadas meninas de 9 anos de idade.

 

No esquema de vacinação estendido é fundamental garantir uma alta cobertura na segunda dose para proporcionar a proteção necessária contra a infecção pelo vírus até que a adolescente receba a terceira dose. A vacina contra HPV tem eficácia comprovada para proteger mulheres que ainda não iniciaram a vida sexual contra câncer de colo de útero. Embora a vacina faça parte do Calendário Nacional de Imunização, as adolescentes devem seguir o cronograma de intervalo entre uma dose e outra. A primeira dose sozinha não protege contra o vírus.

 

Tomar a vacina na adolescência é o primeiro de uma série de cuidados que a mulher deve adotar para a prevenção do HPV e do câncer do colo do útero. No entanto, a imunização não substitui a realização do exame preventivo e nem o uso do preservativo nas relações sexuais. O Ministério da Saúde orienta que mulheres na faixa etária dos 25 aos 64 anos façam o exame preventivo, o Papanicolau, a cada três anos, após dois exames anuais consecutivos negativos. O HPV é um vírus transmitido pelo contato direto com pele ou mucosas infectadas por meio de relação sexual. Também pode ser transmitido da mãe para filho no momento do parto.

 

O câncer do colo do útero é uma doença grave que pode levar ao óbito. Estimativas mundiais apontam aproximadamente 530 mil casos novos e 265 mil mortes pela doença ao ano. No mundo e no Brasil é a terceira causa de morte por câncer entre mulheres. No Ceará, a taxa de incidência de câncer do colo do útero estimada pelo Instituto Nacional do Câncer (INCA) para 2014 era de 20,27 casos para cada 100 mil mulheres, com registro de 930 casos. A vacinação no presente, conjuntamente com as ações para o rastreamento do câncer do colo do útero a partir dos 25 anos, possibilitará a essa geração de meninas que estão recebendo a vacina HPV estarem praticamente livres do risco do câncer cervical.

 

QUEM E QUANDO VACINAR

Meninas de 9 a 11 anos.

1ª dose a partir de 9 de março, a segunda dose seis meses depois, e terceira cinco anos após a primeira dose.

Adolescentes de até 13 anos 11 meses e 29 dias que não receberam a primeira dose da vacina quadrivalente.

1ª dose a partir de 9 de março, a 2ª dose seis meses depois, e 3ª cinco anos após a 1ª dose.

Adolescentes que já completaram 14 anos e já receberam a primeira dose.

2ª dose a partir de 9 de março e agendar a 3ª dose para 60 meses após a 1ª dose.

Meninas que receberam a 1ª dose há mais de seis meses.

2ª dose a partir de 9 de março e agendar a 3ª dose para 60 meses após a 1ª dose.

Mulheres de 9 a 26 anos de idade vivendo com HIV e Aids.

1ª dose a partir de 9 de março, a 2ª dose dois meses depois, e a terceira 6 meses depois da 1ª dose.

 

 

06 HPV 2info cancer 2015

 

 

06.03.2015

 

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá /  ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5221 / 3101.5220)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara