Ministro promete mudanças no financiamento federal para a cultura

10 de Março de 2015

Um dia de muitos encontros, emoções, diálogos e parcerias, em compromisso coletivo em prol de mais e melhores políticas para a cultura. Assim foi a visita do ministro Juca Ferreira ao Cariri, realizada ao longo desta segunda-feira, (9), a convite do Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), dando continuidade ao programa “Diálogos Culturais”, da Secult, e marcando o início da “Caravana MinC”, que percorrerá todo o País. O ministro prometeu mudanças na forma de financiamento federal para a cultura, para maior descentralização dos recursos, a serem distribuídos de forma mais justa entre todos os estados.

 

A necessidade de distribuição mais democrática dos recursos federais para a cultura, superando a concentração no eixo Rio-São Paulo, foi destacada pelo ministro Juca Ferreira. Ele apontou como agravante o fato de 80% dos recursos federais para a cultura serem provenientes de renúncia fiscal. “Os setores de marketing das empresas escolhem apoiar quem dá retorno de imagem. Isso gera uma distorção, uma concentração excessiva”, afirmou, defendendo mudanças e ressaltando que o Ceará acessa apenas 2% dos recursos federais destinados à Cultura via Lei Rouanet.

 

“Nós vamos mobilizar o país inteiro pra mudar. Pra ter um fundo público, em que os projetos serão escolhidos por critérios públicos. Está evidente que precisamos fazer essa reforma, para uma lei justa com a riqueza e a diversidade da cultura do Brasil”.

 

Dia de arte e cultura no Cariri

O ministro Juca Ferreira e o secretário da Cultura do Ceará, Guilherme Sampaio, chegaram pouco depois das 10h a Nova Olinda, desembarcando de helicóptero do Governo do Estado, para visitar o Centro de Informações Turísticas, a Fundação Casa Grande e o ateliê-oficina de Mestre Espedito Seleiro, e permaneceram no Cariri até o começo da noite. Juca Ferreira se emocionou ao ser recebido ao som de “Pau-de-arara”, clássico de Luiz Gonzaga e Guio de Moraes, interpretado pela Banda de Música Municipal de Nova Olinda.

 

O prefeito Ronaldo Sampaio recepcionou a comitiva, composta também pela secretaria de Cidadania e Diversidade Cultural do MinC, Ivana Bentes, e pelo secretário de Articulação Institucional do Ministério, Vinicius Wu, pelo secretário adjunto da Secult, Fabiano dos Santos, entre outros integrantes. Entre os presentes entregues pelo prefeito ao ministro, estava uma bolsa de couro confeccionada pelo mestre Espedito Seleiro. “Muito obrigado. Vou usar para trabalhar”, disse o ministro. O secretário da Cultura do Estado, Guilherme Sampaio, destacou a contribuição de Nova Olinda para a afirmação da cultura cearense.

 

Já na visita à Fundação Casa Grande/Memorial do Homem Kariri, o ministro foi guiado pela pequena Yasmin, de apenas 10 anos, que ganhou muitos elogios do gestor, após percorrer os espaços de exposição de peças de arqueologia, revisitando a história e as lendas de herança indígena do Cariri. O ministro assinou o livro de visitantes e conheceu o modo transparente e coletivo de prestação de contas da Fundação, sempre guiado pelas crianças e pelos fundadores da Casa Grande, Allemberg Quindins e Roseane.

 

A gibiteca e a editora de revistas da Fundação Casa Grande também foram visitadas pelo ministro, que conheceu o acervo de exemplares raros e importados, além de publicações próprias da Fundação. A exposicao de fotografias de Violeta Arraes (ex-secretária de Cultura do Estado, Violeta batiza o teatro da Fundação) e de grandes artistas e comunicadores que já visitaram a Casa Grande também chamou atenção do ministro e do secretário Guilherme Sampaio. Os estúdios de TV e rádio da Fundação Casa Grande e o próprio teatro também foram visitados, com direito a coral de crianças cantando o Hino da Casa Grande, gravado pelo renomado cantor e compositor Morais Moreira.

 

Ainda em Nova Olinda, o ministro Juca Ferreira e o secretário Guilherme Sampaio conversaram com mestre Espedito Seleiro, que contou histórias como a da “chinela quadrada”. Todos ficaram encantados com a riqueza dos traços e cores das diversas peças do ateliê de mestre Espedito e com o museu que conta sua história e destaca seu trabalho, internacionalmente conhecido e valorizado.

 

Articulação com prefeitos e secretários de cultura

A programação no Cariri teve continuidade com um almoço reunindo prefeitos e secretários de cultura de municípios da região. O secretário Guilherme Sampaio agradeceu pela presença de todos, ressaltou os vários motivos para o encontro no Cariri e destacou a diretriz de ação articulada e em permanente diálogo e parceria, para ampliação das políticas publicas para a cultura, conforme compromisso do governador Camilo Santana.

 

Os prefeitos de Crato, Barbalha, Nova Olinda e Assaré, os secretários municipais destas cidades e de Juazeiro do Norte, a reitora da UFCA, Sueli Chacom, entre outros representantes de instituições, participam do almoço. A secretária de Cultura do Crato, Dane de Jade, entregou ao ministro a Carta Cariri, um conjunto de propostas e demandas, incluindo a instalação de escritórios regionais do MinC e do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) na região.

 

Assinam a carta os municípios citados, além das secretarias de Cultura de Santana do Cariri, Brejo Santo, Mauriti, Jardim, Saboeiro, Nova Olinda, Missão Velha, Potengi, Cariruacu, Jati, Aurora, Porteiras, de representantes da Universidade Federal do Cariri, da Universidade Regional do Cariri, do Geopark Araripe, do Centro Cultural Banco do Nordeste Cariri, da Academia dos Cordelistas do Crato, Fundação Casa Grande e Fundação Araripe.

 

Curso de Formação Cultural

Estudantes de música da Sociedade Lírica do Belmonte, Solibel, também se apresentaram para o ministro da Cultura, que visitou a sede da instituição coordenada pelo Padre Ágio, de 97 anos. Logo após, a comitiva seguiu para a Escola Profissional Violeta Arraes, no Crato, onde Juca Ferreira, Guilherme Sampaio e os artistas, produtores, articuladores e gestores culturais que atenderam ao chamado para mais uma edição dos “Diálogos Culturais” foram recebidos com festa pela Banda Cabaçal dos Irmãos Aniceto.

 

O auditório ficou lotado e colorido pelas vestes e pelos adereços de integrantes de vários grupos de cultura tradicional popular, entre representantes de várias linguagens artísticas e de diversos movimentos sociais e culturais. O lançamento do Curso de Formação Cultural, em parceria entre a UFCA e o MinC, contou com a presença do prefeito do Crato, Ronaldo Gomes de Mattos, e da reitoria da Universidade Federal do Cariri, Suely Chacon.

 

Diálogos Culturais: Roda de Conversa

A Roda de Conversa com o ministro contou com transmissão ao vivo, por meio do site e do Facebook da Secult, e abordou temas tão diversos quanto os Pontos de Cultura, o apoio a projetos culturais, os editais da cultura, a acessibilidade comunicacional e cultural para os surdos, as atividades em defesa da igualdade racial e da liberdade de expressão de orientação sexual.

 

Entre os participantes dos “Diálogos Culturais” com o ministro Juca Ferreira, nesta segunda-feira, no Cariri, fizeram perguntas o músico Vinicius Pinho, a militante do Grupo de Valorização Negra do Cariri (Grunec) Valéria Carvalho, o músico e mantenedor do Museu do Sertão João Galvão, o ator e dramaturgo Cacá Araújo e o militante pela liberdade de expressão de orientação sexual André Lacerda. Diálogo direto com o MinC e a Secult.

 

Agradecimentos e continuidade

“Se tivesse que resumir em uma palavra toda a força e a pujança da cultura cearense, eu escolheria ‘Cariri'”. Assim o secretário Guilherme Sampaio agradeceu a todos da região, pela acolhida ao “Diálogos Culturais” com o ministro Juca Ferreira. O secretário destacou que amanhã, em um momento histórico, será enviado à Assembleia Legislativa, pelo governador Camilo Santana, o Plano Estadual de Cultura, com as diretrizes e metas da política cultural cearense para os próximos 10 anos.

 

Programação desta terça, 10/3

A programação desta terça-feira começa às 10h30, com sessão solene sobre as políticas públicas de cultura, no plenário da Assembleia Legislativa. Às 14h, também na Assembleia, no Auditório João Frederico Ferreira Gomes, o projeto “Roda de Conversa”, do Ministério, se une ao “Diálogos Culturais”, da Secult, com o ministro Juca Ferreira participando de debate com artistas, produtores, articuladores, formuladores, estudantes e todos os interessados no campo da cultura.

 

A Roda de Conversa continua, a partir das 16h, com a participação do secretário de Articulação Institucional do Ministério da Cultura, Vinicius Wu, e da secretária de Cidadania e Diversidade Cultural do MinC, Ivana Bentes. O encontro terá transmissão ao vivo, por meio do site e do Facebook da Secult.

 

 

10.03.2015
 

Assessoria de Imprensa da Secult
Dalwton Moura / Clovis Holanda
85 3101.6761 /  85 8699.6524 / 8829.8222
secultmkt@gmail.com