100 dias de governo: Mais boas notícias de Agricultura, Pesca e Recursos Hídricos

6 de abril de 2015

Recursos Hídricos, Agricultura, Pesca e Meio Ambiente

Leia mais:
Os 100 dias de Camilo: compromissos cumpridos
100 dias de governo: boas notícias da Saúde estão só começando
100 dias de governo: boas notícias no Turismo e na transparência da gestão
100 dias de governo: boas notícias da Educação, Ciência e Tecnologia

 

11) Comunidades do interior recebem sistemas de abastecimento de água

cisterna3Itarema, Independência, Cruz, Bela Cruz, Aracati, Campos Sales, Barbalha, Crato e Missão Velha foram alguns dos municípios que já tiveram novos sistemas de abastecimento d’água inaugurados em 2015. Dessa forma, milhares de moradores da zona rural cearense tem acesso a água encanada na torneira de casa, melhorando a qualidade de vida e as condições de trabalho na agricultura. O governador Camilo Santana fez questão de acompanhar de perto algumas dessas entregas, a maioria delas construídas em parceria com o Governo Federal através de ações como o Programa Água Para Todos e o Projeto São José III. Ao todo, cerca de 600 novos sistemas de abastecimento estão com as obras em andamento. A previsão de entrega é para ainda este ano, com investimento de total de R$277 milhões.

 

12) Renovação de membros dos Comitês de Bacias regionais do Ceará

2015 tem sido o ano de realizar assembleias para eleição de novos membros dos Comitês de Bacias Hidrográficas cearenses. Os novos representantes, vindos de entidades e instituições nos segmentos de usuários de água, sociedade civil e poder público municipal, irão exercer mandato no período 2015-2019. Já aconteceram as eleições nos comitês do Alto Jaguaribe, do Acaraú, dos Sertões de Crateús, do Rio Banabuiú e do Médio Jaguaribe.

 

13) Adutoras de Montagem Rápida são inauguradas e levam água para o interior

 

Adutora CanindéAs adutoras são longos encanamentos feitos de tubos que são encaixados na superfície do terreno para conduzir a água por milhares de quilômetros, ligando reservatórios com capacidade vasta de armazenamento às mais diversas comunidades de regiões menos favorecidas pelas bacias hídricas. O Programa de Adutoras de Montagem Rápida foi concebido para beneficiar cearenses que moram nos mais longínquos distritos do nosso estado. Nos primeiros 100 dias de governo, Camilo Santana inaugurou os equipamentos nas cidades de Ipaumirim, Solonópole, Caririaçu e Tauá. Ao todo, 28 municípios já utilizam este tipo de abastecimento e outros 20 ainda serão beneficiados, entre eles Crateús.

 

14) Governo quer cadastrar todos os imóveis rurais no Estado

O Cadastro Ambiental Rural (CAR) foi estabelecido pelo novo Código Florestal e trata-se de um registro eletrônico obrigatório para todos os imóveis rurais, com o objetivo de compor uma base de dados para controle, monitoramento e planejamento ambiental e econômico. Um plano de ações está sendo elaborado pelo Governo do Ceará para massificar a realização do CAR no estado. A expectativa é que no início do próximo mês de maio já se possa preparar uma agenda de ações estratégicas de atuação. O CAR será integrado com o Sistema de Desenvolvimento Agrário, o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural e demais associações, federações e sindicatos de trabalhadores rurais e setores produtivos e de fomento, para trazer benefícios aos agricultores e proprietários rurais.

 

15) Missão de Apoio a Implementação do Projeto São José III

São José IIIA Secretaria do Desenvolvimento Agrário realizou em março a Missão de Apoio a Implementação do Projeto São José III com representantes do estado e do Banco Mundial. As reuniões temáticas discutiram os planos de ação, operacional e estratégico – 2015/2016, sistemas de abastecimento de água, questões socioambientais, aquisições e financeiros. O objetivo da Missão é supervisionar e avaliar a execução dos projetos, a fim de acelerar e atender todos os distritos do Ceará.

 

16) Governador Camilo Santana fortalece diálogo com movimentos sociais

Líderes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST), da Federação dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais na Agricultura do Ceará (Fetraece) e do Movimento dos Atingidos por Barragens (MAB) se reuniram com o governador no Palácio da Abolição. Eles apresentaram uma pauta de reivindicações, em que os principais pontos tratavam de questões ligadas ao abastecimento d’água. A preocupação é a seca que assola alguns acampamentos e também a urgência na perfuração de poços.

 

17) Açude Cedro indicado como Patrimônio Mundial Cultural da UNESCO

açudeO primeiro açude do país foi indicado para receber o título da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) neste mês de abril. A solicitação foi feita pelo governo brasileiro, por intermédio do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), que já tombou o açude, devido à sua importância histórica e beleza natural. Além do reservatório, estão na Lista Indicativa brasileira os Geoglifos do Acre (AC), Teatros da Amazônia (AM, PA), Itacoatiaras do Rio Ingá (PB), Sítio Roberto Burle Marx (RJ) e o Conjunto de Fortificações do Brasil (AP, AM, RO, MS, SP, SC, RJ, BA, PE, RN).

 

18) Governador visita obras do Cinturão das Águas do Ceará

cinturãoA principal obra hídrica da história do Ceará inclui 1.300 km de canais, sifões e túneis que receberão e distribuirão a água da transposição do Rio São Francisco para 12 bacias hidrográficas. Atualmente, está em andamento a 1ª etapa do projeto, com 150 km de extensão na Região do Cariri. Somente esta primeira etapa beneficiará mais de 1 milhão de pessoas de 18 municípios do Sul do Estado. O investimento total da obra é de R$1,5 bilhão, sendo R$1,1 bilhão do Governo Federal e 400 milhões como contrapartida do Governo do Estado.

 

 

 

19) Secretários de Desenvolvimento Agrário do Nordeste se reúnem em Fortaleza

Os gestores dos 9 estados nordestinos elaboraram um documento com as principais ações e propostas para o desenvolvimento sustentável da agricultura familiar na região e o encaminharam para o Governo Federal. A proposta dos secretários é iniciar um processo de construção de um projeto nacional de desenvolvimento sustentável, atendendo diretamente ao pequeno agricultor. Para isso, a sugestão é reforçar políticas de crédito fundiário, de segurança alimentar e nutricional, desenvolvimento rural, entre outros eixos.

 

20) Lagoas de Fortaleza recebem filhotes de peixes

Você sabia que a Secretaria da Pesca e Aquicultura do Ceará (SPA), através da Coordenadoria do Desenvolvimento da Pesca (CODEP), realiza a distribuição gratuita de alevinos para repovoar os lagos e lagoas do Estado? Desde o início do ano de 2015, já foram distribuídos 300.000 alevinos nas seguintes lagoas de Fortaleza: Messejana, Maraponga, Mondubim, Parangaba e Opaia. Cada uma delas permanece com uma estimativa de 10 toneladas de peixe para cada 5 meses. Esta é uma das principais ações da Secretaria e tem como finalidade repor os estoques pesqueiros dos reservatórios públicos, visando o aumento da produção pesqueira, ampliando a oferta de alimento com reconhecimento valor nutritivo e proporcionando mais oportunidade de trabalho e renda as comunidades cearenses situadas no entorno dos açudes, lagos e lagoas. É importante lembrar aos pescadores e à população em geral que evitem a pesca predatória e incentivem a preservação do meio ambiente.

 

 

06.04.2015

 

Sabrina Lima
Gestora de Célula/Secretarias
sabrina.lima@gabgov.ce.gov.br
85 3466.4899 / 85 9128.1288

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil ( comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)