100 dias de governo: a nova marca da Cultura no Ceará

9 de abril de 2015

Em 100 dias, o governo Camilo Santana já imprimiu uma vocação para a Cultura, com uma política moderna e inovadora. Basta ver as boas notícias do setor para o Estado, a começar pelo Orçamento: anunciado para a pasta 1,5% do investimento total do Estado. O Plano Estadual da Cultura foi apresentado à sociedade, para os próximos 10 anos. Entre outras ações, já foi assinada a ordem de serviço para a reforma da Biblioteca Pública Menezes Pimentel, com investimento de R$ 9 milhões.

71) Dez municípios cearenses receberão salas de cinema, em parceria entre o Governo do Estado e a Ancine

Os municípios cearenses que receberão novas salas de cinema, em uma ação de descentralização e democratização do acesso ao audiovisual viabilizada pela Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) e pela Agência Nacional do Cinema (Ancine), avançam nos preparativos para a construção dos equipamentos culturais. Serão ao todo 10 municípios, cada um recebendo duas salas de cinema – uma com capacidade para 100 espectadores, outra para 200, gerando novos espaços de exibição, de forma acessível, beneficiando o público do Interior do Ceará.

Cumprindo com o cronograma, o projeto está na fase de apresentação dos terrenos onde serão construídos os cinemas, a serem construídos com 80% de recursos federais e 20% de recursos do Governo do Estado, em articulação promovida pela Secult. Cada novo complexo, com duas salas de cinema, demandará investimento de R$ 2,5 milhões para sua construção.

72) Com apoio da Secult, Orquestra de Câmara Eleazar de Carvalho retomou atividades, contando com nova equipe

OrquestraCom apoio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, a Orquestra de Câmara Eleazar de Carvalho, mais importante formação da música camerística no Estado, retomou atividades e realizou dois concertos neste ano: em janeiro nas comemorações pelo Dia do Ceará, em Aquiraz, e em março, em evento especial pelos 45 anos do Hospital São José, equipamento do Governo do Estado localizado em Fortaleza.

73) Governo do Estado investiu R$ 664 mil em apoio a projetos culturais relacionados às tradições da Semana Santa, em todo o Ceará

paixãoO Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), investiu R$ 664 mil em apoio a projetos culturais relacionados às tradições da Semana Santa em todo o Ceará, por meio do edital Ceará da Paixão, que neste ano teve número recorde de inscritos.

O valor do edital 2015 foi 6,4% superior à edição anterior do edital. De acordo com a legislação estadual, 50% dos recursos foram destinados a projetos do Interior do Estado. O Edital Ceará da Paixão 2015 selecionou ao todo 40 projetos: 16 na categoria “Evento Tradicional Popular”, destinando a cada um R$12.770,00. Já na categoria “Espetáculo Cênico” foram selecionados quatro projetos com R$ 36.170,00 cada, 10 projetos com R$ 17 mil cada e 10 projetos com R$ 14.450,00 cada.

A participação de proponentes de todo o Estado no Edital Ceará da Paixão 2015 foi recorde. Foram 177 projetos inscritos, destacando a alta demanda e a receptividade ao novo edital. Anteriormente, o maior número de inscrições havia sido registrado na edição 2013, para a qual houve 136 inscrições.

74) Secult reforçou presença no Interior do Estado, nos 100 primeiros dias de gestão

Ao longo dos 100 primeiros dias de gestão, a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) reforçou atividades e presença no Interior do Estado. O secretário da Cultura, Guilherme Sampaio, destacou a diretriz do governador Camilo Santana em intensificar a presença da Secult e das políticas públicas de cultura no Interior do Ceará e o compromisso de ampliar gradativamente o investimento do Governo do Estado na cultura, até chegar ao equivalente a 1,5% do orçamento da administração estadual, beneficiando todo o Ceará.

A primeira reunião pública com artistas, produtores, técnicos, professores, estudantes, articuladores e formuladores do campo da cultura aconteceu no Cariri, como forma de ressaltar o compromisso da Secretaria com uma maior presença no Interior do Estado e com mais ações e políticas para os municípios. O encontro, intitulado “Diálogos Culturais”, aconteceu na Escola profissionalizante Violeta Arraes, no Crato, e se estendeu por quase seis horas de debate, trocas de ideias, críticas, sugestões e contribuições para o desenvolvimento da política cultural.

75) Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural definiu plano de trabalho

patrimônioO Conselho Estadual de Preservação do Patrimônio Cultural do Estado do Ceará (Coepa) realizou reunião na sede da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), definindo um plano de trabalho. Foi definido que o colegiado se reunirá nas terceiras quartas-feiras de cada mês, conforme prevê o regimento do organismo.

O secretário da Cultura do Estado do Ceará e presidente do Coepa, Guilherme Sampaio, reforçou seu compromisso em fortalecer institucionalmente o organismo, incluindo investimentos na infraestrutura para a realização das reuniões ordinárias, na disponibilidade de servidores para apoio ao Conselho e em outras demandas dos conselheiros para o pleno exercício da função.

76) Governo do Estado investiu R$ 1,12 milhão em apoio a programações e agremiações carnavalescas, em todo o Ceará

FC-SECULT-CARNAVAL2014-pareceristasA Secretaria da Cultura do Estado do Ceará realizou o Edital Carnaval do Ceará 2015, que destinou R$ 1.127.600,00 para apoiar financeiramente projetos de programação e de agremiações carnavalescas. O valor foi 6% superior ao da edição anterior do edital.

O Edital Carnaval do Ceará 2015 regulamentou o processo de inscrição e seleção de projetos relacionados às tradições regionais cearenses e voltados às manifestações carnavalescas, visando à democratização do acesso aos recursos do Fundo Estadual da Cultura (FEC) para o fomento de bens, produtos e serviços culturais nas várias regiões do Ceará. O edital segue as previsões e exigências legais, como as estabelecidas pela Lei Estadual nº 13.811/06, que institui o Sistema de Incentivo Estadual de Cultura (Siec).

77) Encontro “Diálogos Culturais” em Fortaleza reuniu artistas, produtores, técnicos e formuladores do campo da cultura

diálogosO segundo encontro “Diálogos Culturais”, promovido no dia 4/2, pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), lotou o espaço montado na Praça Verde do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, com intensa participação de artistas, produtores, gestores, técnicos, educadores, formuladores e articuladores do campo artístico e cultural. Foram mais de cinco horas e meia de debate, com o secretário da Cultura, Guilherme Sampaio, apresentando as primeiras ações e diretrizes da Secult e recebendo sugestões, demandas, avaliações e propostas para as políticas públicas de cultura do Estado.

O grande encontro incluiu representantes de diversas gerações, de diferentes linguagens artísticas e setores da sociedade, de moradores de Fortaleza e de municípios do Interior. Iniciado pouco depois das 17h desta quarta-feira, o debate contou com intérpretes de Libras e foi transmitido ao vivo, via Internet, através do site www.secult.ce.gov.br e da página da Secult no Facebook.

78) Dia do Ceará foi comemorado com debate, exposições e homenagens, nos equipamentos culturais do Estado

seccultura dia cearáOs 216 anos de emancipação do Ceará foram comemorados com debate, exposições e homenagens. O Governo do Estado, por meio da Secretaria da Cultura (Secult), proporcionou no dia 17 de janeiro uma programação especial nos equipamentos culturais de Fortaleza.

No Sobrado Dr. José Lourenço, fotógrafos cearenses debateram sua arte e sua linguagem e filmes sobre a cultura do Estado. Já o Museu do Ceará trouxe uma nova exposição de xilogravuras de João Pedro de Juazeiro. No Theatro José de Alencar, uma visita guiada comandada pelo bailarino Hugo Bianchi e uma homenagem a dois personagens de destaque da cultura cearense – o jornalista e dramaturgo Guilherme Neto e o poeta Mário Gomes – ganharam aplausos do público. Outras ações também aconteceram em Aquiraz, primeira capital do Estado.

79) Arquivo Público do Estado do Ceará digitalizará 35 mil documentos do século XIX

arquivo públicoO Arquivo Público do Estado do Ceará (APEC) digitalizará 35 mil documentos do século XIX resguardados em seu acervo. O equipamento da Secretaria da Cultura do Governo do Estado do Ceará (Secult) foi contemplado no Edital Prêmio Memorial Digital, da Petrobras e do Instituto Brasiliana (IB), com o projeto “Digitalização dos Documentos Manuscritos da Chefatura de Polícia da Província do Ceará (1823-1889)”, e agora dará início ao novo processo de conservação de seu acervo.

O APEC receberá, em regime de comodato, um kit de equipamentos, contendo câmera digital, scanner, conjunto de iluminação e computador para a montagem de um laboratório de digitalização. Também participará, através de um de seus servidores, de um treinamento específico sobre digitalização de documentos históricos, no mês de abril.

Diretor do Arquivo Público, o historiador Márcio Porto destaca que a premiação é uma vitória para a preservação do patrimônio histórico e cultural do Estado, “pois vai proporcionar uma ‘sobrevida’ aos documentos, que não precisarão ser manuseados”. O projeto de digitalização, elaborado por ele em parceria com o também historiador Fabiano Almeida Matos e com a estagiária de História Patrícia Marciano, será executado no prazo de dois anos.

80) Theatro José de Alencar: visitas guiadas são opção permanente para cearenses e turistas

Theatro J. de AlencarO Theatro José de Alencar, que completa 105 anos em 2015, oferece uma programação permanente de visitas guiadas, para quem deseja saber mais sobre o grande complexo cultural do TJA, um dos teatros-monumentos do Brasil e uma usina de formação e difusão cultural, em perene ebulição. O equipamento centenário está renovado, após a conclusão da primeira fase das obras de conservação e recuperação realizadas pelo Governo do Estado do Ceará, por meio da Secretaria da Cultura. Um motivo a mais para conhecer em detalhes o teatro, os jardins e o prédio anexo, que formam um complexo com mais de 12 mil metros quadrados de área.

Com 40 horários de visitas guiadas por semana, de terça-feira a domingo, o Theatro José de Alencar está de portas abertas para os cidadãos de Fortaleza e do mundo. Tombado pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan) em 1964, o Theatro é um patrimônio universal, pelo valor arquitetônico, paisagístico, artístico, histórico e cultural. É também uma importante fonte de descobertas e conhecimento em diversas áreas de estudo, como Arquitetura, Botânica, Artes, História, Literatura, com as visitas guiadas podendo ser transformadas em atividades pedagógicas para estudantes de diversos níveis.

As visitas são conduzidas por servidores do próprio teatro e passam pelos múltiplos espaços do equipamento. O deslumbramento diante do teatro-monumento inaugurado em 17 de junho de 1910 começa já na entrada, com a fachada em alvenaria voltada para a Praça José de Alencar. Antes de chegar à imponente sala de espetáculos, o visitante pode apreciar o frontal, transpor as portas enormes, circular pelo pátio nobre ao ar livre e se maravilhar diante da fachada interna metálica, com uma parte de vidro transparente e outra em vitrais multicoloridos.

 

 

09.04.2015

 

Giselle Dutra
Gestora de Célula/Secretarias

Coordenadoria de Imprensa
Governo do Estado do Ceará- Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br
(85) 3466.4898