Estado presta contas sobre ações voltadas para atender adolescentes em conflito com a lei

9 de abril de 2015

O Grupo de Trabalho (GT) intersetorial que acompanha ações para atender aos adolescentes submetidos à medidas socioeducativas se reuniu nesta quinta-feira (9), no Palácio da Abolição.

O encontro foi liderado pela vice-governadora Izolda Cela e fez uma prestação de contas do andamento de ações de responsabilidade do Estado, assumidas no último encontro do Colegiado.

Na ocasião, o secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social apresentou uma prestação de contas sobre o andamento das obras dos Centros Educacionais de Fortaleza, Sobral e Juazeiro do Norte e da reforma na estrutura de outras unidades que já existem em Fortaleza. “Mais do que discutir essas ações, nós estamos empenhados em oferecer ações de educação e de preparação desses jovens para o mercado de trabalho e nós precisamos do apoio das outras instituições para que isso aconteça”, afirmou.

A vice-governadora destacou que o Estado vai discutir ações para garantir também o atendimento de qualidade à saúde dos jovens. “Vamos organizar um plano permanente de atendimento à saúde desses jovens e a preparação deles para o mercado de trabalho, logo que eles concluírem o cumprimento das medidas”, disse.

Izolda Cela reafirmou o compromisso do governador Camilo Santana com a educação dos adolescentes em conflito com lei e a parceria com outras instituições para viabilizar um plano de ações permanentes para reduzir o número de jovens nesta condição. “Queremos que as medidas realmente permitam o aprendizado a esses jovens e que eles voltem ao convívio da sociedade cientes de que tem uma nova missão”.

Participaram do encontro representantes da Defensoria Pública Geral do Estado, Tribunal de Justiça do Estado, Ministério Público, Prefeitura Municipal de Fortaleza, Fórum Permanente das ONGs de Defesa dos Direitos da Criança e do Adolescente do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente (Fórum DCA- Dececa), Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), Central Única das Favelas (Cufa) e Pastoral do Menor da Arquidiocese de Fortaleza.

 

 

09.04.2015

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br | (85) 3466.4898