Camilo Santana apresenta políticas sobre drogas do Ceará ao governador do RN

22 de abril de 2015

O Ceará é referência no combate às drogas. E para apresentar o trabalho desenvolvido no âmbito de prevenção, acolhimento, tratamento, reinserção social e profissional de usuários químicos, o governador do Ceará, Camilo Santana, recebeu nesta quarta-feira (22), no Palácio da Abolição, o governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, acompanhado de uma comitiva formada por seis secretários, promotores e procuradores de Justiça.
 
Gov RN destaqueConsiderando esta uma das prioridades do seu governo, Camilo destacou alguns pontos importantes: “Nessa questão de combate às drogas, primeiro vem a prevenção, por meio da educação, as Escolas Profissionalizantes. Depois, vem o tratamento do usuário. Em Fortaleza, um grande ganho foi o Centro de Referência sobre Drogas (CRD). Lá, um usuário voluntário vai receber toda a atenção que precisa. Quero que esse centro seja levado para o interior e conto com a parceia das unidades terapêuticas para isso. Já sobre reinserção, temos o projeto de lei que reserva de 2% a 5% das vagas das obras públicas do Estado para  ex-dependentes químicos”.
 
A titular da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas, Mirian Sobreira, apontou a importância das parcerias ao longo dos últimos anos para desenvolver o atual trabalho. “Tivemos um grande trabalho de parceria do Governo do Estado com a Assembleia Legislativa, com destaque para o Pacto Pela Vida, uma ação de muito estudo ao longo de dois anos e que foi uma grande contribuição para que fizéssemos as políticas públicas. A partir daí, foi criada a Assessoria Especial de Políticas Públicas sobre Drogas, onde a Socorro França fez um ótimo trabalho. A prefeitura [de Fortaleza] também está trabalhando diretamente do nosso lado”, disse.
 
O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, destacou a importância das políticas sobre drogas e fez elogios ao trabalho realizado no Ceará: “Nós tivemos o conhecimento que o Ceará é o Estado mais avançado em políticas públicas de prevenção e combate ao uso do crack, que hoje é uma epidemia, responsável pelo aumento da insegurança. Eu assumi o Governo do Estado com o compromisso de trabalhar com essa bandeira. Viemos aqui para trazer a inspiração no Ceará, para ver como é feito o trabalho preventivo, das comunidades terapêuticas, e finalmente, a reintrodução do ex-dependente químico no mercado de trabalho, que por sinal, achei bem interessante esse projeto do Camilo que destina  vagas das obras públicas do Estado, avaliou Robinson Faria..
 
Participaram ainda do encontro o secretário-chefe de Gabinete, Élcio Batista; o secretário de Cultura, Guilherme Sampaio; o secretário de Segurança, Delci Teixeira; o chefe da Casa Militar, Cel.Túlio Studart; a secretária-chefe da Controladoria Geral de Disciplina (CGD), Socorro França; o secretário adjunto de Saúde, Henrique Javi; entre outras autoridades.
 
Na quinta-feira (23), a comitiva do Rio Grande do Norte visita unidades de atendimento Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas do Ceará.
 
 
Avanços e metas no combate às drogas
 
Dentre os principais avanços conquistados pelo Ceará apresentados durante a reunião, estão: a criação do Fundo Estadual de Álcool e Outras Drogas; criação do Comitê Gestor Estadual de Políticas obre Drogas; criação e implantação do Comitê Gestor Estadual de Políticas sobre Drogas do programa “Crack, é Possível Vencer”; criação do Conselho Estadual de Políticas Públicas sobre Drogas; implantação do Centro de Referência sobre Drogas (CRD); implantação do Sistema Acolhe Ceará de Regulação das Vagas de Comunidades Terapêutica.
 
Também foram apresentadas as principais metas da Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas, que inclui: ampliação do número de leitos nos hospitais para desintoxicação e tratamento dos dependentes químicos; a criação de Complexos Regionais sobre Drogas, composto por um Centro de Referência sobre Drogas, uma Unidade de Acolhimento e um Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD) em cada região do Estado; o fortalecimento da parceria com o Programa Educacional de Resistência às Drogas da Polícia Militar (Procerd).
 
 
Secretaria
 
A Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas do Ceará foi criada pela lei estadual Nº 15.773, de 10 de março de 2015, sendo a primeira do gênero no Brasil. Ela representa um dos compromissos de campanha do governador Camilo Santana. Atualmente, o Estado conta com 23 comunidades terapêuticas conveniadas, ofertando a população 666 vagas para apoio e tratamento à dependência química, sendo 239 vagas conveniadas com a Secretaria de Saúde do Estado do Ceará (Sesa) e 427 contratadas pela Secretaria Nacional de Políticas Sobre Drogas (Senad). Até o momento, mais de 500 pessoas foram acolhidas e encaminhadas para essas comunidades através do Centro de Referência Sobe Drogas (CRD).
 
 
Como ter acesso
 
A Secretaria Especial de Políticas sobre Drogas está localizada na Rua Oto de Alencar, 193 – Jacarecanga, e dispõe de equipes multiprofissionais atendendo em horário comercial, de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas. Os interessados podem ligar para o telefone: 0800.275.1475.
 
 
Fotos: Queiroz Neto
 

22.04.2014

Thiago Sampaio
Repórter / Célula de Reportagem

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br  / (85) 3466.4898