Semace realiza audiência pública para discutir usina fotovoltaica em Massapê

3 de junho de 2015

Na manhã da terça-feira (02), a Superintendência Estadual do Meio Ambiente (Semace), por meio do Núcleo de Impacto Ambiental (Nuiam), presidiu no município de Massapê mais uma audiência pública referente ao licenciamento ambiental. Na ocasião, foi discutido o projeto da usina fotovoltaica da empresa Fotowatio do Brasil Projetos de Energias Renováveis Ltda, a ser instalada naquela região.

 

Durante o evento, a comunidade local teve a oportunidade de esclarecer dúvidas sobre a implantação do empreendimento, que terá potência nominal de 30 MW, sendo composto por 129 mil módulos solares, em área de implantação de 100,83 hectares. Na oportunidade, a consultoria Ampla Engenharia fez a apresentação dos estudos ambientais da usina explanando aspectos como a localização, definição, características geomorfológicas, metodologia, prazos, custos e benefícios.

 

De acordo com a empresa, o parque solar será instalado em uma região com potencialidade para a geração de energia elétrica por meio da irradiação solar (luz). A captação e transformação da luz solar ocorre por meio de células fotovoltaicas, através do efeito fotovoltaico que gera uma corrente elétrica sem a necessidade da intervenção de efeitos mecânicos ou físicos.

 

A audiência foi presidida pelo supervisor do Nuiam, José Wilker, que informou que a equipe multidisciplinar de técnicos da Semace, presente também no evento, realizou vistoria na área do empreendimento, seguindo os trâmites do procedimento do licenciamento. “O mais importante desta audiência é que a comunidade fique ciente do que é o projeto pois é ela que vai conviver ao longo dos anos com a implantação do empreendimento, e é a comunidade que mais entende sobre a área onde a usina deverá ser instalada”, frisou Wilker referindo-se à comunidade de Salgadinho, representada pelo líder comunitário, José Wilson, presente no evento.

 

Ainda na oportunidade, Wilker ressaltou também sobre a divulgação da audiência pública feita com antecedência pela Superintendência, visitando a comunidade diretamente afetada, órgãos públicos federais, estaduais e municipais, além de veículos de comunicação.

 

Após a realização e conclusão do estudo, a equipe multidisciplinar da Autarquia deverá emitir um parecer técnico para apreciação e aprovação do Conselho Estadual de Meio Ambiente (Coema) sobre a emissão da licença ambiental.

 

Além da comunidade local, o momento, ocorrido na Escola Profissional Francisca Neilyta Carneiro Albuquerque, também contou com a participação de representantes das secretarias de meio ambiente de Massapê e Sobral, e da Câmara dos Vereadores de Massapê.

 

 

 

03.06.2015

 

Ana Luzia Brito
Assessora de Imprensa da Superintendência Estadual do Meio Ambiente
85 3101.5554 | 8653.8337
comunicacao@semace.ce.gov.br

Sabrina Lima
Gestora de Célula/Secretarias

Coordenadoria de Imprensa da Casa Civil
Governo do Estado Ceará