STDS vai capacitar 300 jovens dos Centro Educacionais

9 de junho de 2015

Promover a ressocialização de jovens em conflitos com a lei por meio da qualificação profissional e do engajamento da juventude em atividades produtivas é um dos focos principais da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS). Ontem, 8 de junho, a primeira turma de 15 jovens, de um total que 300 adolescentes, participaram da aula inaugural do curso de Pintura em Paredes, no Centro Educacional Patativa do Assaré (CEPA), em Fortaleza. O objetivo é qualificá-los para o mercado de trabalho.

 

Este é o primeiro dos 20 cursos que começam a ser ofertados pela STDS, neste ano, através dos projetos Criando Oportunidades e Transformando Vidas, nos centros de medidas socioeducativas Dom Bosco, São Francisco, Aloísio Lorscheider, Patativa do Assaré e Passaré. No CEPA, serão capacitados 60 jovens, em cinco cursos nas áreas de pintura de paredes, fabricação artesanal de sabonete, produção de salgados, jardinagem e cultivo de hortaliças.

 

 

Inserção no mercado

 

O curso de pintura de paredes é o primeiro dos cinco cursos que serão ofertados no CEPA. As outras formações são fabricação de sabonete artesanal, produção de salgados, jardinagem e produção de hortaliças. Os cursos têm carga horária de 80 h/a e serão ministrados pelo Instituto de Desenvolvimento Econômico, Social e Ambiental (Indesa).

 

“O nosso objetivo é qualificar 300 jovens em cumprimento de medidas socioeducativas, para que,ao deixarem os centros educacionais, tenham condições de se engajar em uma ocupação digna, em um trabalho decente”, declarou a coordenadora do Projeto criando Oportunidades, Edianny Lima.

 

“A STDS traz essa oportunidade pensando num benefício maior para a sociedade. O futuro de vocês é vencer”, acrescentou a orientadora da Célula de Educação Social e Profissional da STDS, Saskya Vaz, ao incentivar os jovens a acreditarem em seus sonhos, a apostarem em uma vida nova e a traçarem caminhos dignos com sabedoria.

 

 

Os projetos

 

O Criando Oportunidades contribui para consolidar a política de geração de emprego, trabalho e renda do governo do Estado, fortalecendo a cidadania e ampliando as oportunidades de inserção dos cidadãos cearenses em situação de vulnerabilidade social e econômica no mercado do trabalho. No Ceará, o projeto irá qualificar 7.500 pessoas, juvens e adultos, em 97 municípios. Já o projeto Transformando Vidas tem objetivo de oportunizar aos adolescentes egressos de medidas socioeducativas sua reinserção ao mercado de trabalho, com atividades geradoras de renda.

 

 

09.06.2015

 

Assessoria de Comunicação Social
Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social – STDS
Carlos Eugênio / 85 98878.8510 / 3101.2089 / 2099
E-mail: imprensa@stds.ce.gov.br
Twitter: www.twitter.com/stdsonline

 

Gestor de Célula/Secretarias
Ciro Câmara ( ciro.camara@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil – (85) 3466.4898
comunicacao@casacivil.ce.gov.br