Vacinação contra gripe agora é para todas as idades

12 de junho de 2015

A campanha de vacinação contra gripe foi encerrada no Ceará na sexta-feira, 12 de junho, mas a vacina continua disponível nos postos de saúde para quem estiver interessado em se proteger contra a doença, independente de idade e grupo populacional. Conforme orientação do Ministério da Saúde, a vacina da gripe tem prazo limitado de utilização (de 6 a 12 meses) e é importante que todas as doses sejam utilizadas. No encerramento da campanha, o Ceará registrava cobertura vacinal de 71,09% da população-alvo, com 1.253.301 doses aplicadas. A meta de vacinação foi alcançada entre as puérperas e a população indígena. Por grupo populacional, as coberturas ficaram em 67,65% das crianças de 6 meses a menos de 5 anos, 68,22% dos trabalhadores de saúde, 70,71% das gestantes, 85,22% das mulheres com até 45 dias pós-parto, 80,04% da população indígena e 73,20% dos idosos a partir dos 60 anos.

A Secretaria da Saúde do Estado recebeu do Ministério da Saúde 2.001.400 doses da vacina contra a gripe que foram repassadas aos municípios para assegurar a imunização de 1.762.872 pessoas em todo o Ceará. No encerramento da campanha, 126 municípios haviam cumprido a meta mínima de 80% de cobertura. Os 58 municípios que não atingiram a cobertura em todos os grupos populacionais prioritários devem desenvolver ações para atingir a meta de cobertura. Durante a vacinação são oferecidas as vacinas Influenza Trivalente, que protege contra Influenza A (H1N1), Influenza A (H3N2) e Influenza B (sazonal), pneumococo 23 valente para proteger pessoas institucionalizadas e acamadas contra doenças invasivas, e Hepatite B, para intensificação na faixa etária até 49 anos.

A influenza é uma infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório. É de elevada transmissibilidade e distribuição global, com tendência a se disseminar facilmente em epidemias sazonais. A transmissão ocorre por meio de secreções das vias respiratórias da pessoa contaminada ao falar, tossir, espirrar ou pelas mãos, que após contato com superfícies recém?contaminadas por secreções respiratórias pode levar o agente infeccioso direto a boca, olhos e nariz. A gripe comum, como é conhecida, pode levar a complicações graves e ao óbito, especialmente nos grupos de alto risco para as complicações da infecção.

12.06.2015

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá / (selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5221 / 3101.5220)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara

Giselle Dutra
Gestora de Célula / Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br / (85) 3466.4898