Vacinadores entram nas casas para garantir proteção contra sarampo

18 de junho de 2015

Equipes de vacinadores da Secretaria da Saúde do Estado estão em Caucaia, na Região Metropolitana, vacinando de casa em casa contra o sarampo, crianças a partir de seis meses de vida, adolescentes e jovens até 29 anos de idade. Até este sábado, 20 de junho, concluem a imunização da população ainda não vacinada no bairro Cigana. A vacinação em domicílio já foi realizada nos bairros Parque São Gerardo e Soledade I e II. A partir de segunda-feira, 22 de junho, a vacinação casa a casa acontecerá nos bairros Nova Cigana e Planalto Caucaia. O objetivo é imunizar contra o sarampo 95% da população de 164.514 habitantes na faixa etária dos 5 aos 29 anos. Até a última segunda-feira, dia 15, a cobertura vacinal estava em 73% dessa população, com 120.350 doses aplicadas. Faltam ser vacinadas mais de 45 mil pessoas em Caucaia e a população precisa colaborar com as equipes de vacinadores para ajudar a interromper o surto de sarampo no Ceará.

 

Em uma operação conjunta para ampliar a cobertura vacinal em Caucaia, a Secretaria da Saúde do Estado realizará até 30 de junho a vacinação casa a casa nos bairros dos Distritos de Saúde I, II e VI, enquanto as equipes de imunização do próprio município são responsáveis pela vacinação da população dos bairros dos Distritos de Saúde III, IV e V. A população pode ajudar recebendo as equipes de vacinadores, identificados com crachás, blusas e coletes da Secretaria da Saúde do Estado, e deixando o cartão de vacinação das crianças acessível a quem fica em casa durante o dia, das 8 às 17 horas, período em que as visitas são realizadas. Durante as visitas, além dos moradores de seis meses a 29 anos, as equipes também imunizam os residentes entre 30 e 49 anos que não comprovem a vacinação contra sarampo ou que nunca tiveram a doença.

 

Na primeira semana da vacinação em domicílio, as equipes de vacinadores visitaram 2.142 residências nos bairros Parque São Gerardo e Soledade I e II e 882 casas estavam fechadas. Foram identificados 1.777 residentes de 6 meses a 49 anos não vacinados contra sarampo. Durante as visitas foram imunizadas 1.033 pessoas, 154 recusaram a vacina e 594 moradores não estavam em casa durante a visita. No sábado, as equipes retornaram às residências visitadas para vacinar quem ficou faltando, e dos 748 moradores que ficaram pendentes de vacinação, 90% foram imunizados. Após a varredura, a cobertura vacinal que era de 45% nos bairros visitados passou a 77%. A vacinação é a única maneira de prevenir o sarampo e acontece durante todo o ano na rotina dos postos de saúde para todas as crianças de 6 meses a 5 anos incompletos.

 

O último caso confirmado de sarampo no Ceará ocorreu no dia 27 de maio, em Caucaia. O município tem confirmados este ano 67 casos da doença, mesmo número de casos confirmados em Fortaleza, que tem população sete vezes maior. Caucaia, com 344.936 habitantes, é o segundo município em população do Estado, atrás apenas da capital, que tem 2.571.896, segundo estimativa do IBGE. Pelas datas dos últimos casos confirmados de sarampo, o surto no Ceará ainda persiste em quatro municípios – Caucaia, Fortaleza, Paracuru e Maracanaú. O surto é considerado interrompido após 90 dias da ocorrência do último caso confirmado. Este ano foram confirmados em todo o Estado 155 casos de sarampo e há 36 casos em investigação ocorridos entre 7 de maio e 9 de junho, notificados pelos municípios de Paracuru, Fortaleza, Eusébio, Maranguape, São Gonçalo do Amarante, Caucaia e Maracanaú.

 

 

18.06.2015

 

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá / ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5221 / 3101.5220)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara

 

Giselle Dutra
Gestora de Célula/Secretarias

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado – Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br
(85) 3466.4898