Ouvidoria: CGE registra 24.541 atendimentos de janeiro a maio

25 de junho de 2015

A Controladoria e Ouvidoria Geral do Estado (CGE) registrou um total de 24.541 manifestações no Sistema de Ouvidoria nos cinco primeiros meses de 2015. No comparativo com o mesmo período de 2014 percebe-se o aumento de 2,5% nos atendimentos.

Os órgãos mais demandados no período de janeiro a maio de 2015 foram a Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece), Secretaria de Saúde (Sesa), Polícia Militar (PMCE), Instituto de Saúde dos Servidores do Ceará (Issec), Departamento de Trânsito (Detran), Secretaria da Fazenda (Sefaz), Secretaria de Educação (Seduc), CGE, Polícia Civil e Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). A Ouvidoria da Cagece foi a mais requisitada do Sistema de Ouvidoria, superando a Ouvidoria da Sesa que no ano de 2014 estava em primeiro lugar das manifestações.

No que tange aos canais de atendimento e ferramentas utilizados pelos cidadãos, no período de janeiro a maio (2014 e 2015), houve aumento no registro de manifestações pela Central de Atendimento 155 (39,5%), pelo Facebook (nove vezes mais) e pela forma presencial (25,1%). As demandas provenientes da Internet tiveram redução nos registros em torno de 13,8%. De um modo geral, nota-se que o Sistema Informatizado de Ouvidoria (SOU) concentra o maior volume de manifestações do sistema, com aproximadamente 80,5% no ano de 2015.

Tipo de Manifestação
As manifestações de Ouvidoria são classificadas como reclamação, denúncia, crítica, elogio, sugestão ou solicitação de serviço, recebidas por diversos meios, como: telefone, internet (Sistema SOU), presencial, e-mail, carta, mídias sociais, caixa de sugestões (Sesa), dentre outros. As relacionadas à Insatisfação do Cidadão apresentaram índices percentuais menores em 2015 (66%) comparados a 2014 (68%). Já as Solicitações de Serviço tiveram aumento comparando percentualmente, de 16,8% (2014) a 22,68% (2015).

A partir das demandas de Ouvidoria, tanto a CGE como as Ouvidorias Setoriais apresentam recomendações e sugestões para o aperfeiçoamento de políticas públicas executadas pelos diversos Órgãos ou Entidades do Poder Executivo.

Acesso à Informação
Com a Lei de Acesso à Informação do Estado do Ceará prestes a completar três anos de vigência no próximo domingo (28), cabe ressaltar que por meio das ferramentas de ouvidoria o cidadão também pode fazer o seu pedido de informação, caso esta não esteja disponível nos canais de transparência ativa como o Portal da Transparência ou o Acesso Cidadão.

Redes socias do Governo
Para marcar a semana do aniversário da lei estadual, as redes sociais oficiais do Governo do Estado passaram, desde a última terça-feira (23), a integrar o sistema de Ouvidoria do Estado. Os posicionamentos são encaminhados para as redes sociais da Ouvidoria (Facebook: ouvidoriaceara e Twitter: @ouvidoriaceara). Na sequência, a equipe da Ouvidoria cadastrará as manifestações e repassará aos cidadãos o número de protocolo e senha, possibilitando assim que a pessoa acompanhe a situação da manifestação e receba a resposta do Governo – no prazo máximo de 15 dias.

25.06.2015

Assessoria de Comunicação da CGE
Beatriz Linhares
beatriz.linhares@cge.ce.gov.br / (85) 3101.3474
www.ouvidoria.ce.gov.br

Ciro Câmara
Gestor de Célula / Secretaria

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br / (85) 3466.4898