Metrofor assina ordem de serviço para pacote de telecomunicações do metrô de Fortaleza

2 de julho de 2015

A Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos (Metrofor) assinou esta semana a ordem de serviço para implantação do sistema de telecomunicações da Linha Sul do metrô de Fortaleza. O resultado da licitação – reconhecendo vitória do Consórcio Comunicação Metrofor – foi publicado no Diário Oficial do Estado no dia 8 de junho. O valor global do contrato é de R$ 28.773.657,58.

Esse investimento vai garantir agilidade e precisão na comunicação interna que envolve trens, estações e o Centro de Controle e Operações (CCO). “Com isso, podemos ter uma operação cada vez mais segura e um atendimento ao usuário cada vez melhor”, afirmou o presidente do Metrofor, Eduardo Hotz.

O sistema de telecomunicações é importante na transmissão de informações para os passageiros, dentro dos vagões e estações. No contrato, está prevista a implantação do subsistema de sonorização, que funcionará através de caixas de som instaladas dentro das TUEs (trens unidade elétrico) e nas estações do metrô. Através de mensagens gravadas ou alertas ao vivo, será possível comunicar aos usuários a existência de eventual imprevisto, fornecer informações gerais, programação de trens e mensagens institucionais.

O sistema de telecomunicações inclui, ainda, o subsistema de circuito interno de TV. Atualmente, já existem câmeras que captam imagens dentro dos trens. Porém, com a implantação do sistema de telecomunicações, o registro dessas imagens integrará o monitoramento constante das atividades e ocorrências no metrô de Fortaleza. Dentro do CCO, haverá telões para acompanhamento das imagens em tempo real. É previsto ainda a implantação de painéis eletrônicos nas plataformas, fornecendo informação visual sobre horários dos trens e sentido do deslocamento.

Cronometria e radiocomunicação
O subsistema de cronometria – também previsto no pacote de telecomunicações – será responsável por acompanhar com exatidão o tempo de deslocamento de cada trem, fornecendo informações em tempo real para o relógio de cada estação da Linha Sul. “A cronometria é o que garante que todas as áreas do metrô funcionem exatamente no mesmo tempo, de forma sincronizada”, explica Eduardo Hotz.

Outro subsistema previsto é o de radiocomunicação, que será importante na troca de mensagens entre os funcionários do metrô – nas estações, no CCO, no Centro de Manutenção – bem como entre os agentes de segurança. Implantado o pacote de telecomunicações, todos os registros de som (que passam pelo CCO) e de imagens ficarão arquivados em um banco de dados.

O Consórcio Comunicação Metrofor é formado pelas empresas ACE Systems Soluções em Tecnologia da Informação LTDA, Hitech Tecnologia e Sistemas S.A e Tecbrás Engenharia S.A. Juntas, as empresas são responsáveis pelo projeto, instalação e montagem de todos os equipamentos relativos ao sistema de telecomunicações do metrô, no prazo contratual de dois anos e meio.

02.06.2015

Assessoria de Comunicação da Companhia Cearense de Transportes Metropolitanos – Metrofor
Pedro Alves
imprensa@metrofor.ce.gov.br / (85) 3101 7115 ou 99604 7697

Giselle Dutra
Gestora de Célula / Secretarias

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br /  (85) 3466.4898