SECA DO QUINZE: Biblioteca Espaço Estação abre exposição neste sábado (4/7)

4 de julho de 2015

Os caminhos da seca no Ceará estarão retratados na Exposição “100 anos da Seca de 1915”, que tem abertura neste sábado, dia 4/7, às 8h, na Biblioteca Pública Espaço Estação, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult), reaberto no último mês de abril e que oferece programação cultural permanente, sempre com entrada franca.

Composta por seis imagens do fotógrafo e documentarista Ricardo Schmitt, que percorrem os diversos aspectos da seca no Ceará, a exposição tem como pano de fundo alguns dos locais descritos por Rachel de Queiroz, no livro “O Quinze”. Carioca que escolheu o Ceará como lar, Ricardo Schmitt é um nome importante na consolidação da fotografia em Fortaleza, principalmente nas décadas de 70 e 80, e atuou de forma incisiva no fotojornalismo e na moda, além da publicidade, alcançando espaços na mídia impressa do Ceará e do eixo Rio-São Paulo.

O fotógrafo possui um acervo de cerca de 200 mil imagens, que retratam fatos históricos, personagens relevantes na esfera política e social brasileira e revelam também o fazer jornalístico de uma época marcada por grandes desafios, como a seca. Deste acervo, Ricardo selecionou 6 obras que compõem a Exposição “100 anos da Seca de 1915”, refletindo seu convívio com a seca no Ceará.

No acervo de Schmitt estão registrados os principais fatos ocorridos no estado do Ceará nos últimos 30 anos: arte, cultura, política, moda, turismo, arquitetura, música, artes plásticas, eventos, paisagens, transformações sociais, atividades industriais, convívio com a seca, desenvolvimento econômico e manifestações populares, captados sempre buscando o impacto dos fatos nos mais diferentes ângulos.

 

Fotografia, literatura e debate

“É a história contemporânea do Ceará contada através da fotografia”, destaca Mileide Flores, coordenadora das Políticas de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas da Secult. Após a abertura da exposição, às 8h, na Biblioteca Pública Espaço Estação, será realizado no turno da tarde, a partir das 14h, no pátio Rachel de Queiroz, um debate sobre a Seca, o convívio no Sertão e a obra literária “O Quinze”. Participarão como debatedores o fotógrafo Ricardo Schmitt e a coordenadora Mileide Flores. A atividade integra a segunda edição da programação do “Viva o Centro Fortaleza”, que congrega atividades culturais promovidas em diversos equipamentos, de várias entidades e instituições. Os equipamentos da Secult participam da ação.

 

SERVIÇO:

Abertura da Exposição “100 anos da Seca de 1915”, do fotógrafo e documentarista Ricador Schmitt. Na Biblioteca Pública Espaço Estação, equipamento da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará. Sábado, 4/7, às 8h. Horário de funcionamento da Biblioteca: 8h às 18h (sábados) e 8h às 17h (segunda a sexta). Neste sábado, 4/7, às 14h, acontece debate sobre “A Seca, o convívio no Sertão e a obra literária ‘O Quinze’, com Mileide Flores e Ricardo Schmitt. Entrada franca.

 

 

04.07.2015

 

 

Assessoria de Comunicação da Secult
Dalwton Moura / Clovis Holanda ( secultmkt@gmail.com )
85 3101.6761 / 8699.6524 / 8829.8222

 

Giselle Dutra
Gestora de Célula/Secretarias

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br / (85) 3466.4898