Universidades estaduais apresentam PCCV unificado

11 de julho de 2015

Representantes da Universidade Estadual do Ceará (Uece), Universidade Regional do Cariri (Urca), Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA) reuniram-se na manhã desta sexta-feira, 10 de julho, no auditório da Secretaria da Ciência, Tecnologia e Educação Superior para discutir o novo Plano de Carreira, Cargos e Vencimentos unificado que irá beneficiar os servidores técnico-administrativos das três universidades. A reunião contou com a presença do secretário Inácio Arruda, do secretário executivo Gilvan Paiva, dos reitores Jackson Sampaio (Uece), Patrício Melo (Urca) e Fabiano Carvalho (UVA) e do deputado Carlos Felipe, presidente da Comissão de Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa .

 

“A proposta do PCCV unificado é um compromisso assumido na gestão passada e que será honrado pelo governador Camilo Santana. O novo plano nasce de um movimento que se estabeleceu dentro das universidades por melhores condições de trabalho para professores, estudantes e servidores, e que já garantiu melhorias importantes nos campus das três universidades. Teremos agora concursos para a área técnica das universidades, mas é preciso pensar na carreira desses profissionais”, afirma o secretário Inácio Arruda.

 

A Comissão responsável pela elaboração da proposta contou com a participação dos técnicos Ana Maria Cavalcante, Cândido BC Neto e Marilene Barros, representando a Secitece; Adriana Pessoa, Francisca Maria Lobo e Flávio Leite Pinheiro, representando a administração superior da Uece, Urca e UVA; Paulo Farias Moreira, José Nilton Alves e Gláucia Braga, representando o SINSESC e Luiz Carlos Dodt (Uece).

 

O novo plano proporciona uma visão de futuro, onde o servidor tenha uma possibilidade real de crescimento na carreira garante Luiz Carlos Dodt. “O plano vigente hoje é de 1994, mas por uma falta de cuidado, não considerou a constituição de 88 que determina que a transposição de cargo só se dá por meio de concurso, ou seja, essa mudança de cargo não podia acontecer apenas com avaliação. Com isso, de 1994 a 2015 a maioria dos servidores das três universidades estacionaram, tendo apenas o reajuste anual de seu vencimento. O plano traz essa possibilidade de crescimento e busca prestigiar o mérito para o crescimento profissional”, garante Dodt.

 

O reitor da Uece, Jackson Sampaio, diz que dá forma como foi estruturado o novo plano será uma garantia de crescimento permanente, com possibilidade do servidor mudar de referência a cada dois anos. “Em uma carreira de 35 anos, com 60 referências, será possível subir o nível a cada dois anos”, avalia.

 

Caso seja aprovado o novo plano, os servidores que já estão na ativa terão até 30 dias para aderirem ao novo modelo ou não e os aposentados 90 dias. Uma das principais mudanças é gratificação de produtividade e por titulação, que hoje não existe. O novo PCCV irá garantir incremento na remuneração para os servidores titulados – Especialista, Mestre e Doutor, mas também para aqueles de nível médio que consigam a graduação.

 

O plano proposto foi entregue oficialmente pelos membros da Comissão ao secretário e aos três reitores que irão encaminhar para avaliação da Seplag e PGE. “Não tenho dúvidas da aprovação essa é mais uma etapa que iremos vencer!”, garante Inácio.

 

Sabrina Lima
Gestor de Célula / Secretarias

 

Coordenadoria de Imprensa da Casa Civil
Governo do Estado do Ceará
comunicacao@casacivil.ce.gov.br  / (85) 3466.4898