Governador destaca ações para combate às drogas na inauguração de Fazenda Esperança em Mauriti

12 de julho de 2015

Ao lado de representantes religiosos, políticos locais e da sociedade, o governador Camilo Santana entregou neste domingo a Fazenda Padre Cídero, no distrito de Coité, em Mauriti. Esta é a quarta Fazenda Esperança do Ceará, comunidades terapêuticas para dependentes químicos. “Esse é um momento para mim de muita emoção. Vivemos num mundo difícil, com muita falta de solidariedade. Precisamos de ações como essas. A fazenda tem feito um grande trabalho não só aqui no Ceará, mas em todo o País”, destacou o governador.

 

Em meio a ouvidos atentos da população, Camilo ressaltou como um das prioridades de governo o combate às drogas em diversas frentes, como a inserção dos jovens nas escolas em tempo integral, com cursos profissionalizantes para o mercado de trabalho, além da interiorização de atividades de cultura e lazer. “Temos que fazer um trabalho forte de prevenção. Temos investido muito para criar oportunidades para nossos jovens e tirá-los das ruas”, reitera.

 

O equipamento recebeu investimentos do Governo do Estado, através do Fundo Estadual de Saúde, no montante de R$ 321.945,00, com contrapartida da Prefeitura de Mauriti no valor de R$ 67.084,95.

 

Além do Estado e Prefeitura, a ação é operacionalizada pela Paróquia de Nossa Senhora da Conceição e Diocese do Crato. A celebração do novo equipamento teve a direito a uma missa, celebrada por Dom Fernando Panico, bispo da Diocese do Crato e a participação dos moradores de Mauriti.

 

A Fazenda Esperança de Mauriti terá 22 vagas masculinas para acolher dependentes químicos. Já são abrigados pela unidade três pacientes, naturais de Missão Velha, Barro e Mauriti. Quinze missionários são responsáveis pelos serviços e manutenção da Fazenda Esperança.

 

Fazenda 2A Fazenda Esperança de Mauriti está instalada em uma área de 60 ha e vai ofertar atividades de fabricação de massas e biscoitos, artesanato, trabalhos domésticos, serviços de jardinagem, atividades físicas, terapia ocupacional, entre outras. As atividades serão acompanhadas por profissionais da área de saúde. O modelo terapêutico da instituição baseia-se em três eixos: espiritualidade, convivência e trabalho, apostando no contato com a natureza, cultivo da terra e criação de animais.

 

Participaram da inauguração, a secretária especial de Políticas sobre Drogas, Miriam Sobreira; o deputado federal José Guimarães; o presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, Zezinho Albuquerque; os prefeitos de Mauriti e Sobral, respectivamente, Evanildo Simão e Clodoveu Arruda.

 

Comunidades Terapêuticas

 

O Governo do Estado mantém 239 vagas conveniadas à Secretaria da Saúde do Estado em 13 comunidades terapêuticas espalhadas pelo Ceará, 15 delas na Fazenda Esperança de Sobral, que oferece 33 vagas masculinas e 10 femininas. Pelos convênios, o Governo do Estado repassa às comunidades terapêuticas R$ 1.000,00 por mês, por vaga conveniada, o que corresponde a R$ 239 mil mensais repassados a essas comunidades para o acolhimento de dependentes químicos.

 

No Estado há ainda outras 437 vagas em comunidades terapêuticas conveniadas à Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), do Ministério da Justiça.

 

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá / ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5221 / 3101.5220)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara

 

Giselle Dutra
Gestora de Célula/Secretarias

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado – Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br
 (85) 3466.4898