Batalhão de Choque completa 30 anos de serviços ao Ceará

29 de julho de 2015

Há três décadas protegendo o cidadão cearense através de um policiamento especializado e equipado para as missões mais diversificadas e complexas. Essa é a rotina do Batalhão de Polícia de Choque, que comemora os 30 anos de existência com uma solenidade nesta quarta-feira (29), às 16 horas, com solenidade no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar do Estado do Ceará.

 

O Batalhão é oriundo da Companhia de Choque, criada em 23 de maio de 1985, como uma unidade de apoio ao Comando Geral, 5º Batalhão, atuando na área de Operações de Controle de Distúrbios. Na época, tinha a denominação de “Guerrilha contra Guerrilha”. Atualmente, conta com 678 servidores, divididos entre cinco companhias de áreas operacionais especializadas.

 

1ª CIA: Comando Tático Motorizado (Cotam), criado em 1999. Responsável pelo rádio-patrulhamento na Capital e Região Metropolitana, trabalhando com viaturas e apoio às áreas com maior incidência criminal, com operações também em presídio.

 

2ª CIA: Companhia de Controle e Distúrbios. Trata-se da espinha dorsal do batalhão, existente desde a sua criação, especializada no combate a manifestações ilegais. Atuando também em eventos, como grandes jogos na Arena Castelão. “Todo mundo aqui tem que ter uma característica de controle de distúrbios”, explica o capitão Gerlúcio.

 

3ª CIA: Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate), criado em 1994. Unidade de Operações Especiais, especializada em resgate de reféns, ocorrências com explosivos, combate ao crime organizado de um modo geral.

 

4ª CIA: CPCães, especializada em cães adestrados em farejar explosivos, entorpecentes, busca e salvamento em mata e cães policiais que atuam na modalidade de patrulhamento. Os animais são provenientes do canil São Lázaro e foram incorporados ao Batalhão de Choque em 2007.

 

5ª CIA: Operações Rurais. COTAR foi criado com o objetivo de ter policiamento especializado no Interior, no combate a assalto a banco, crime organizado e qualquer operação que exija policiamento em áreas rurais.

 

 

Especialidades

RchoqueelasTodos os integrantes do Batalhão de Choque são especializados, com formação nas melhores escolas do Brasil, em diferentes forças como Polícia Rodoviária Federal, Exército Brasileiro e Polícia Militar, com especialização também em países como Colômbia e Estados Unidos.

 

“Nosso comandante tem a preocupação de colocar cada especialista em sua determinada área. Então, todos os comandantes de cada companhia são oficiais preparados para sua determinada função”, diz Gerlúcio.

 

 

Rotina

Rchoque1A rotina dos policiais do Batalhão de Choque não é nada fácil. Tudo é minimamente planejado e exigindo o máximo de dedicação de cada um, como explica o capitão Gerlúcio.”Temos uma máxima que o nosso dia a dia é dividido em três pilares: o homem, o treinamento e o equipamento. Sempre impomos aos policiais treinamento físico, antes de exercer o expediente, e depois um treinamento técnico e tático. Depois ele seguem um cronograma semanal, de armamentos a serem utilizados, instrução de abordagem, conduta de patrulha, noções de Direito como gerenciamento de crise, reintegração de posse, etc.

 

Em seguida, é feita a preparação para o serviço, em que é determinado o local de atuação, os meios necessários e os alvos a serem interceptados.

 

Casos marcantes, confrontos armados com assaltantes no Interior, como como o assalto a banco em Catarina, já são algo comum para eles. “É uma gama de ocorrências exercidas e bem cumpridas por nós”, destaca Gerlúcio.

 

 

Referência para treinamentos

choque4O Batalhão de Choque funciona como unidade de capacitação de treinamento da Polícia Militar, promovendo vários cursos, como o de patrulhamento urbano, curso de operações rurais, cursos de operações táticas especiais, curso de controle de Distúrbios Civis, além de qualquer demanda requerida, como armamento, abordagem, manipulação de veículos.

 

Além disso, o Batalhão de Choque foi responsável pelo treinamento do novo Batalhão de Divisas, inaugurado pelo governador Camilo Santana no início do mês de julho.

 

 

Festividades

Em comemoração aos 30 anos do Batalhão de Choque, a organização preparou uma programação para o público interno e externo.

 

Para os próprios servidores, foi realizado um torneio de futebol no dia 10 de julho e um torneio de tiro nos dias 14 e 15 de julho.

 

Para o público externo, foi realizado um passeio ciclístico pelas principais ruas de Fortaleza no dia 12 de julho.

 

A solenidade acontece nesta quarta-feira (29), com homenagens às pessoas que foram essenciais para o crescimento do Choque ao longo desses 30 anos, entre civis e militares. Haverá também apresentações técnicas e operacionais de cada companhia.

 

 

Fotos: Queiroz Netto / Governo do Ceará

 

 

Serviço

30 anos do BPChoque
Local: Quartel do Comando Geral da PM (Avenida Aguanambi, 2.280, Fátima)
Data: 29/7/2015
Hora: 16 horas

 

 

28.07.2015

 

Thiago Sampaio
Repórter/ Célula de Reportagem

 

Assessoria de Comunicação da SSPDS
Morgana Cruz
ascom@sspds.ce.gov.br / 85 3101.6517

 

Ciro Câmara
Gestor de células/Secretaria
ciro.camara@casacivil.ce.gov.br

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado do Ceará
Casa Civil ( comunicacao@casacivil.ce.gov.br / 85 3466.4898)
Twitter: @GovernoDoCeara
Facebook: facebook.com/GovernoDoCeara
Youtube: youtube.com/GovernoDoCeara
Governo do Estado do Ceará