Doe leite materno: Banco de Leite do HGF salva vidas

7 de agosto de 2015

Pode-se dizer que Artur Miguel é um vencedor. O pequeno nasceu com seis meses de gestação e apenas 1kg 315 gramas. Foram mais de três meses na UTI NEO. A mãe, Francilda Oliveira, conta que as contrações chegaram cedo demais e assustou toda a família. “Eu não sofro de nenhum tipo de problema, nem pressão alta, nem diabetes, nada. Fomos surpreendidos quando vimos que o Artur estava querendo nascer”. A dona de casa que mora no município de Cascavel, distante, 64 quilômetros de Fortaleza, relata que o garoto recebeu, por todo o tempo que estava internado na UTI NEO, leite materno.

 

Na Semana Mundial do Aleitamento Materno, o Hospital Geral de Fortaleza faz o alerta sobre a importância da doação de leite materno. Alguns bebês precisam, especificamente, deste alimento para sobreviver. São aqueles que estão internados nas Unidades de Terapias Intensivas (UTI) Neonatais, como foi o caso do pequeno Artur Miguel. Daí a importância do trabalho desenvolvido pelo Banco de Leite Humano do HGF. O BLH presta assistência às mamães e aos bebês, ofertando a promoção, proteção e apoio à alimentação infantil.

 

Os nenéns que nascem no HGF, unidade terciária que cuida de pacientes de alta complexidade, geralmente são prematuros e encontram-se nas UTI’s Neonatais. Por mês são 50 bebês prematuros que precisam ser alimentados com leite materno nessas unidades. O HGF conta com 32 leitos de UTI’s Neonatais, sendo 16 de alto risco e 18 de médio risco. Além desses, existem ainda bebês prematuros na internação do Setor Canguru (local onde ficam mamães internadas com bebês prematuros que não necessitam de UTI, mas precisam ganhar peso).

 

Hoje o cadastro do Banco de Leite Humano do HGF conta com uma lista de aproximadamente 180 mães. A grande maioria delas deu à luz ao seu bebê na obstetrícia do Hospital, mas algumas chegam oriundas de outras unidades, até da rede particular de atendimento. Elas procuram orientação sobre ordenha e amamentação corretas. De uma forma ou de outra, o objetivo do BLH é reunir o maior número de doadoras.

 

 

Coleta e Armazenamento no BLH do HGF

 

Toda mãe que amamenta pode ajudar a manter o estoque do Banco de Leite Humano do HGF e ajudar os pequenos. O processo de captação é simples e rápido. Para doar leite humano, a mamãe pode vir até o BLH do Hospital ou ligar para o setor e solicitar a coleta do leite na própria residência.

 

O BLH do HGF conta com um veículo que recolhe o leite todos os dias da semana, em dois turnos. Neste momento, as equipes levam às mães um kit doação para realizar a ordenha de forma correta.

 

Serviço:
Banco de Leite Humano do HGF
Contato: 3101.3335
Funcionamento: 7h às 17h, de segunda a sexta-feira.

 

 

07.08.2015

 

Assessora de Imprensa do HGF
Oona Quirino
(85) 3101.7086
oona.quirino@hgf.ce.gov.br
Twitter: @Hospital_HGF

 

Oona Quirino
(85) 9960.1122
youtube.com/oonaquirinonatv

 

 

Giselle Dutra
Gestora de Célula/ Secretarias
Tel (85) 3466-4898 /  Cel (85) 99922.2712
Email: giselle.dutra@casacivil.ce.gov.br

 

Giselle Dutra
Gestora de Célula/ Secretarias
Email: giselle.dutra@casacivil.ce.gov.br