Termo de Cooperação é assinado para fiscalizar o uso da água

26 de agosto de 2015

Representantes da Sema, Semace, SRH e Cogerh assinaram na manhã desta quarta-feira (25/08), na Secretaria do Meio Ambiente, um Termo de Cooperação para fiscalizar o uso da água nos principais reservatórios do estado do Ceará, sobretudo nas bacias do Jaguaribe e Castanhão que distribuem água para a região do Vale do Jaguaribe e Região Metropolitana de Fortaleza, respectivamente.

 

Ficou definido que a operação será executada em setembro, outubro, novembro e dezembro, meses que registram o maior consumo de água por conta da evaporação. A primeira reunião de trabalho técnico, para definir o plano de ação, ocorrerá nesta quinta-feira, às 8 horas, na Sema.

 

A reunião de hoje, quarta-feira, foi coordenada pelo secretário Artur Bruno, que idealizou o encaminhamento do termo de cooperação. “A Sema e todos os órgãos que gerenciam os recursos hídricos estão unidos quanto ao uso mais eficiente e racional da água”, colocou Bruno.

 

O superintendente da Semace, Ricardo Araújo, disponibilizou além dos técnicos do setor de fiscalização, o uso do helicóptero, com sobrevôos nas áreas onde foram detectados uso irregular da água. O secretário de Recursos Hídricos, Francisco Teixeira, fez uma explanação sobre o gerenciamentos das águas no estado do Ceará, afirmando que é preciso ter uma atenção redobrada no sentido de economizar água sem prejudicar o consumo humano e o agronegócio.

 

“Acabamos de assinar um Termo de Compromisso entre a Sema, Semace, Cogerh e Secretaria de Recursos Hídricos para podermos desenvolver uma intensa fiscalização do uso dos recursos hídricos, como também na conservação e preservação desses recursos hídricos dos nosso rios, dos nossos mananciais, numa grande parceria entre esses quatro órgãos”, comentou Teixeira.

 

 

EFEITO ONDA

 

Com a falta de chuvas e crescente queda do volume de água do Castanhão, principal reservatório do estado, a Cogerh já vem monitorando a distribuição de água, usando o recurso do efeito onda, que regulariza a vazão da água, gerando uma economia de 20%. Esta economia garante o fornecimento de água para a região do Jaguaribe e região metropolitana de Fortaleza, mesmo que haja seca no ano de 2016.

 

 

26.08.2015

 

 
Elizabeth Rebouças
Assessora de imprensa da Secretaria do Meio Ambiente
85 3101.1235 | 98848.2022
elizabeth.reboucas@conpam.ce.gov.br

 

Sabrina Lima
Gestora de Célula/Secretarias

 
 
Coordenadoria de Imprensa da Casa Civil
Governo do Estado Ceará
85 3466.4898