Ceará terá voos para a China com apenas uma escala

2 de setembro de 2015

O governador Camilo Santana participou nesta quarta-feira (2), durante o terceiro dia da missão comercial na China, de quatro encontros com empresas dos setores de tecnologia (incluindo smartphones), navios e aviação civil. Em uma delas, com os presidentes das empresas Hainan Airlines e Azul Linhas Aéreas (também proprietária da TAP), foi assinado um termo de cooperação entre as companhias aéreas para voos entre o Ceará – e outros estados – e Pequim via Lisboa, com o objetivo de encurtar o tempo de viagem entre os dois locais.

Atualmente, os voos partindo de Fortaleza fazem duas escalas para chegar a China. Com o acordo, a viagem será realizada com apenas uma escala, que será realizada na capital portuguesa. “Tivemos um dia muito produtivo. Nesta mesma reunião com a Hainan, que pertence a um dos maiores grupos de investidores na área do turismo, a companhia reafirmou o interesse na concessão do aeroporto de Fortaleza. Além disso, apresentei ainda o projeto do Acquario do Ceará e eles se mostraram impressionados”, disse o governador Camilo Santana, ressaltando que a empresa também atua no ramo de hotelaria.

Reuniões


Na primeira agenda do dia em Pequim, o governador e o ministro da Defesa, Jacques Wagner, visitaram a empresa Huawei, terceira maior companhia de smartphone do mundo e que já possui fábrica em São Paulo. A intenção, segundo eles, é expandir os negócios para outros estados brasileiros. Além dela, a comitiva brasileira na China se reuniu com a CSIC (China Shipbuilding Industry Corporation), que fabrica navios civis e militares e tem interesse de ampliar suas bases industriais para outros países, e com representantes da Academia Chinesa de Tecnologia espacial da China Aerospace Science & Industry Corooration – CAST of CASIC.

02.09.2015

Thiago Cafardo
Porta-voz / Governador

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br / (85) 3466-4898