Mãe amamenta pela primeira vez com ajuda do banco de leite

15 de setembro de 2015

“É uma sensação indescritível poder amamentar minha filha pela primeira vez.” As palavras de Katiana de Freitas Loureiro resumem bem o sentimento de uma mãe quando consegue amamentar o filho pela primeira vez. O vínculo se fortalece e ambos se reconhecem por meio da amamentação, principal contato afetivo que traz benefícios tanto para mãe quanto para o recém-nascido. Esse momento especial na vida de Katiana e de sua filha, Maria Clara, aconteceu na manhã desta terça-feira, 15, no banco de leite do Hospital Geral Dr. César Cals, da rede pública do Governo do Estado.

 

Ela conta que a sua primeira filha nasceu no dia nove de setembro em outra maternidade. Desde então, não conseguia amamentar. Uma amiga de sua mãe indicou o banco de leite do Hospital César Cals. No domingo, 13 de setembro, Katiana procurou a ajuda do banco. “Eu tive febre na noite anterior. O meu peito estava com edema e sentia muita dor”, relata. A técnica de enfermagem Maria Elizabeth Teixeira Pimentel informou que a mãe recebeu as primeiras orientações, conheceu os cuidados para preparar a mama e como deveria proceder para estimular o contato da filha com o peito. “Hoje a bebê já mamou, com ajuda profissional. Mas é preciso que a mãe aprenda a colocar sozinha a filha junto à mama”, ressalta Elizabeth.

 

Após voltar para casa, ainda no domingo, a mãe de Maria Clara colocou logo em prática as orientações recebidas. A vantagem foi que ela conseguiu realizar a ordenha da mama e passou a oferecer o leite materno à filha. Com isso reduziu a ingestão do leite industrializado que estava dando. Por isso é importante a amamentação nos primeiros dias porque a mãe produz o colostro, substância rica em proteínas e anticorpos que funciona como uma vacina natural para o recém-nascido, o que vai protegê-lo nos primeiros de dias de vida.

 

O atendimento realizado pelo banco não é restrito às pacientes internas. As mães que deram à luz em outras maternidades, públicas ou particulares, também recebem o atendimento no banco, que funciona 24 horas por dia, por telefone, por meio do número gratuito 0800 286 5678, ou ainda pelo e-mail bancodeleite@hgcc.ce.gov.br. De janeiro a agosto de 2015, o Hospital César Cals já realizou o atendimento a 450 pacientes externas.  O atendimento acontece todos os dias da semana, inclusive finais de semana e feriados.

 

O banco de leite orienta que toda mãe que tiver algum tipo de problema com a amamentação, deve procurar o banco de leite mais próximo de casa. Se tiver alguma dúvida, basta ligar para o número gratuito do HGCC. Por telefone ou no atendimento individual, no próprio banco, a mãe será orientada sobre a forma correta de amamentar e como cuidar da mama, entre outras ações. Além disso, aprenderá como fazer a ordenha, nos casos necessários, e ainda como guardar o leite em casa para o seu próprio filho e também para a doação.

 

 

15.09.2015

 

Assessoria de Comunicação do HGCC
Wescley Jorge
ascom@hgcc.ce.gov.br / 85 3101.5323
Facebook.com/HospitalGeralCesarCals
Twitter: @Hosp_CesarCals

 

Giselle Dutra
Gestora de Célula / Secretarias

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br  / (85) 3466.4898