Oficina promove uso da Caderneta de Saúde do Adolescente

18 de setembro de 2015

A Secretaria da Saúde do Estado reunirá nesta terça e quarta-feira, 22 e 23 de setembro, representantes das equipes de saúde da família, dos Núcleos de Apoio à Saúde da Família (NASF) e profissionais da educação dos 91 municípios das regiões de saúde de Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Baturité, Canindé, Itapipoca, Quixadá, Sobral, Acaraú e Cascavel no I Oficina Regional Caderneta de Saúde do Adolescente. Para promover a implantação da Caderneta de Saúde do Adolescente como instrumento de apoio aos profissionais no atendimento dessa população, de forma a favorecer a atenção integral à saúde do adolescente, a oficina será realizada no Hotel Suíte Plaza, Rua Barão de Aracati, 94, Praia de Iracema, a partir das 8 horas.

 

A Caderneta de Saúde do Adolescente reúne informações sobre como evitar doenças, sobre mudanças no corpo, sobre saúde sexual e reprodutiva, além de saúde bucal e alimentação. A expansão da oferta e uso da caderneta de saúde do adolescente, elaborada pelo Ministério da Saúde e distribuída entre todos os estados e municípios, proporciona apoio à população em um tempo da vida rico em descobertas e mudanças. A adolescência, como está definido no Estatuto da Criança e Adolescente, é o tempo da vida entre 10 e 19 anos de idade.

 

A caderneta conta com espaço para identificação detalhada do jovem, como a fotografia, endereço) e apresenta duas versões, uma masculina e uma feminina. O material, que traz informações sobre sexualidade e métodos contraceptivos, também contempla questões referentes aos adolescentes mais novos, abordando dúvidas que podem surgir dos 10 aos 19 anos de idade. A caderneta aborda doenças como a bulimia e anorexia, orienta sobre boas práticas de alimentação e apresenta o cálculo de Índice de Massa Corpórea (IMC). Há ainda informações sobre vacinas (hepatite, difteria e tétano, sarampo, caxumba e rubéola), direitos civis, Estatuto da Criança e do Adolescente, violência e drogas.

 

Além de dados pessoais e dicas de como evitar doenças, as cadernetas destacam que “para curtir a vida e desenvolver todas as capacidades, é preciso ter muita saúde” e que “aprender a cuidar do próprio bem-estar físico, emocional, psicológico, espiritual e social é um dos desafios mais importantes para uma vida saudável”. Nas últimas páginas, as cadernetas,  que têm formato de bolso para facilitar a utilização e a acomodação nas bolsas e mochilas dos adolescentes, há um serviço com informações úteis, incluindo telefones e sites de serviços públicos. Para assegurar o acesso à caderneta aos adolescentes, a Secretaria da Saúde do Estado entregou aos 184 municípios cearenses, em maio deste ano, meio milhão de exemplares.

 

 

18.09.2015

 

Assessoria de Comunicação da Sesa
Selma Oliveira / Marcus Sá /  ( selma.oliveira@saude.ce.gov.br / 85 3101.5221 / 3101.5220)
Twitter: @SaudeCeara
www.facebook.com/SaudeCeara

 

Giselle Dutra
Gestora de Célula / Secretarias

 

Coordenadoria de Imprensa do Governo do Estado
Casa Civil
comunicacao@casacivil.ce.gov.br / (85) 3466.4898