Governador sanciona lei que cria Programa de Pesquisa em Ciências Ambientais

21 de setembro de 2015

Novos pesquisadores para fomentar o desenvolvimento tecnológico e o conhecimento sobre o Semiárido Brasileiro, como forma de subsidiar a formulação de políticas públicas, diretrizes e estratégias voltadas para o uso racional e sustentável dos recursos naturais. A lei que vai permitir a contratação desses novos bolsistas de ensino médio e superior para participar do Programa de Pesquisa em Ciências Ambientais (PPCA), que inclui Meteorologia e seus impactos no setores de Recursos Hídricos, Agricultura e Energias, foi sancionada nesta segunda-feira (21) pelo governador Camilo Santana.

 

O PPCA será executado pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), com acompanhamento e supervisão de um Grupo de Trabalho instituído por portaria do Secretário dos Recursos Hídricos, Francisco Teixeira. Uma das principais atividades do Programa será desenvolver e introduzir novas metodologias e soluções tecnológicas no monitoramento e difusão da informação de tempo e climas e seus impactos nos setores produtivos, ajudando assim no maior controle do uso dos recursos hídricos especialmente em anos de estiagem.

 

“As bolsas de estudo irão agregar profissionais capacitados, reforçando a equipe envolvida nos projetos da Funceme, focados no entendimento de questões de interesse do Estado nesses setores. Iremos envolver tanto profissionais recém formados como experientes, para que o programa sirva também como capacitação de recursos humanos. No curso do prazo do projeto, eles vão ganhar experiência nas áreas em que estão trabalhando”, explica o presidente da Funceme, Eduardo Sávio Martins.

 

 

21.09.2015

 

Sabrina Lima
Gestora de Célula/Secretarias

 

Coordenadoria de Imprensa da Casa Civil
Governo do Estado Ceará
(85) 3466.4898